25/10/2010 12:00 am

PAGAMENTO DO 13º INJETARÁ R$ 102 BI NA ECONOMIA

PAGAMENTO DO 13º INJETARÁ R$ 102 BI NA ECONOMIA

Até o final deste ano, R$ 102 bilhões devem entrar na economia do País, como resultado do pagamento do 13º salário. Cerca de 74 milhões de pessoas – entre trabalhadores formais e beneficiários da previdência – devem ser beneficiadas. A previsão foi divulgada nesta quinta-feira (21), pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O valor corresponde a 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e leva em consideração os salários que serão pagos também a empregados domésticos e beneficiários da Previdência, aposentados e beneficiários de pensão da União e estados. De acordo com a organização, cada uma dessas pessoas receberá, em média, R$ 1.310,96.

Segundo Dieese, o montante a ser desembolsado este ano pelas empresas deve superar em 20% o total pago em 2009. A instituição credita o crescimento à expansão do número de empregos com carteira assinada e à melhoria do rendimento médio dos trabalhadores. Em 2009, o próprio Dieese previu que o décimo terceiro salário representaria apenas R$ 85 bilhões a mais na economia.

“Tivemos uma geração recorde de postos de trabalho formal, aumentos acima da inflação, além de um crescimento do número de aposentados e pensionistas”, explicou o coordenador de Relações Sindicais do Dieese, José Silvestre de Oliveira. “Isso causou um crescimento expressivo dos décimos terceiros, acima do de anos anteriores.”

O número de pessoas que receberá o 13º salário em 2010 é cerca de 5,85% superior ao de 2009. Estima-se que 4,9 milhões passarão a receber o benefício, por terem requerido aposentadoria ou pensão ou se incorporado ao mercado de trabalho ou ainda formalizado o vínculo empregatício. “A retomada das contratações em ritmo mais vigoroso, em 2010, foi sem dúvida, um elemento importante para que o conjunto de beneficiários do abono neste fim de ano tivesse um crescimento maior que o observado em 2009”, afirma o relatório do Diesse.

De acordo com Silvestre, de 2008 para 2009, por exemplo, o aumento do montante dos abonos foi de 9%. O percentual representa menos da metade do registrado em 2010. Quanto ao número de brasileiros que vão receber o décimo terceiro salário, o crescimento está estimado em 5,85%. Segundo o Dieese, 74 milhões de trabalhadores receberão o salário extra, 4,9 milhões a mais do que em 2009.

Desse total, 45,4 milhões (61,4%) estão mercado formal. Juntos, receberão R$ 70,9 bilhões, aproximadamente 70% do montante de todos os abonos.Pela lei, esses trabalhadores devem receber a primeira parcela do décimo terceiro salário até o dia 30 de novembro e a segunda, até 20 de dezembro. “Só não recebe nesses dias quem já recebeu a primeira parcela quando tirou férias ou em data prevista em acordo coletivo”, complementou Silvestre.

FONTE: http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2010/10/21/pagamento-do-13o-vai-injetar-r-102-bilhoes-na-economia

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br