22/09/2010 12:00 am

ONU PROPÕE ACESSO À BANDA LARGA COMO DIREITO BÁSICO

ONU PROPÕE ACESSO À BANDA LARGA COMO DIREITO BÁSICO

Hamadoun I. Touré, secretário-geral da International Telecommunications Union (ITU), a entidade da Organização das Nações Unidas responsável pelas tecnologias, propôs nesta terça-feira (21) a instituição do acesso à banda larga como direito civil básico.

A proposta foi apresentada durante a segunda reunião da Comissão da Banda Larga para o Desenvolvimento Digital, onde se encontravam diversos políticos, responsáveis da ONU e personalidades do setor das Tecnologias de Informação.

Além de pedir a estes responsáveis que tornem o acesso à Internet de alta velocidade “um direito civil básico”, o líder da ITU quer que os governantes mundiais consigam levar a banda larga a metade da população mundial até 2015.

Para Touré, a banda larga é vista como “a próxima tecnologia verdadeiramente transformadora”, pois “pode criar empregos, impulsionar o crescimento e a produtividade e reforçar a competitividade econômica a longo prazo”.

Ainda durante o seu discurso, o secretário-geral da ITU argumentou que esta “é a ferramenta mais poderosa que temos à disposição para alcançar os Objetivos do Milênio, que estão há apenas cinco anos de sua data final”.

Da redação, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=10&id_noticia=137498

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br