17/11/2010 12:00 am

ONU DIZ QUE VIOLÊNCIA NO HAITI TEM 'MOTIVAÇÃO POLÍTICA'

ONU DIZ QUE VIOLÊNCIA NO HAITI TEM ‘MOTIVAÇÃO POLÍTICA’

Em nota, Minustah afirma que a maneira como os incidentes ocorreu leva a crer que objetivo era ‘causar insegurança às vésperas das eleições’; missão já iniciou inquérito para apurar morte de um manifestante.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*


 

 

 

A Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, Minustah, condenou os atos de violência, ocorridos nesta segunda-feira, no país.

As manifestações nas cidades de Cap-Haitien e Hinche deixaram várias pessoas feridas e um manifestante morto. Os protestos eram contra o surto de cólera que já matou mais de 900 pessoas no Haiti.

Clima de Insegurança

Muitos acreditam que a doença foi causada por algum soldado contaminado das forças de paz da ONU, mas segundo testes de laboratório as alegações não puderam ser confirmadas. Já se sabe que o tipo de vírus veio da Ásia.

Entre os feridos estão seis membros da Minustah em Hinche. Segundo os militares, em Quartier Morin, no norte, manifestantes armados atiraram contra os boinas-azuis da ONU. Um dos manifestantes foi morto por um dos soldados que atirou de volta.

Em nota, a Minustah, que é comandada pelo general brasileiro Luiz Guilherme Paul Cruz, disse que os incidentes desta segunda-feira têm motivação política.

A missão afirmou que “a forma pela qual os incidentes ocorreram, leva a crer que o objetivo era criar um clima de insegurança às vésperas das eleições na ilha caribenha”.

A votação que elegerá o novo presidente haitiano e parlamentares está marcada para o próximo dia 28.
A Minustah pediu aos haitianos que continuem vigilantes e que não se deixem manipular pelo que a missão chamou de “inimigos da estabilidade e democracia no país”.

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

FONTE: http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/187723.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br