17/08/2012 12:00 am

ONU, Brasil e Espanha debatem igualdade de gênero, raça e etnia

ONU, Brasil e Espanha debatem igualdade de gênero, raça e etnia

 

Agências da Organização das Nações Unidas (ONU) e os governos brasileiro e espanhol discutiram nesta sexta-feira (17) os resultados da parceria para a promoção da igualdade de gênero, raça e etnia no seminário Interseccionalidade de Gênero, Raça e Etnia: o Trabalho Conjunto na Elaboração e Implementação de Políticas Públicas, que começou ontem (16).

 

Agências da Organização das Nações Unidas (ONU) e os governos brasileiro e espanhol discutiram nesta sexta-feira (17) os resultados da parceria para a promoção da igualdade de gênero, raça e etnia no seminário Interseccionalidade de Gênero, Raça e Etnia: o Trabalho Conjunto na Elaboração e Implementação de Políticas Públicas, que começou ontem (16).

 

Hoje, foram discutidas oportunidades para cooperações futuras entre a ONU e os governos, avaliado o programa conjunto feito na Colômbia para o enfrentamento da violência contra a mulher e expostas práticas brasileiras consideradas inovadoras – como o estímulo e a facilitação da participação de domésticas no seminário; um curso realizado para gestores públicos sobre gênero, raça e etnia e um curso para jornalistas em oito capitais brasileiras.

 

De acordo com a assessoria especial da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Sônia Malheiros, a parceria norteia a realização das políticas desenvolvidas pela SPM e pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir). “[O programa] conseguiu reforçar a agenda do governo pela promoção da igualdade”, disse Sônia.

 

O Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia foi o primeiro programa da ONU que reuniu diversas agências ligadas à organização e governos nessa área de atuação.

 

A estratégia é criar mecanismos para avançar no alcance dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), adotados pelos membros das Nações Unidas em 2000, entre os quais está promover a igualdade entre os sexos e a autonomia da mulher.

 

Participaram do seminário representantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), da Organização Internacional do Trabalho (OIT), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da ONU Habitat.

 

Fonte: Agência Brasil

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=191551&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br