13/03/2012 12:00 am

ONU aponta 230 mil refugiados e morte de crianças na Síria

ONU aponta 230 mil refugiados e morte de crianças na Síria

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Dois organismos das Nações Unidas, em levantamentos separados, descreveram um quadro sombrio da violência, após 11 meses de insurgência contra o regime do ditar Bashar al-Assad.

O Alto Comissariado das Nações Unidos indicou que 30.000 pessoas já fugiram para a Turquia, Líbano e Jordânia, com a migração de centenas diariamente, em meio à onda de violência que já matou mais de 7.500 em cerca de um ano, segundo os grupos de oposição e a própria ONU.

De acordo com o Crescente Vermelho (representação da Cruz Vermelha), outros 200.000 já fizeram migrações internas, fugindo de localidades como Homs, enclave rebelde sob pesado ataque das forças de repressão do regime sírio.

E a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) denunciou o assassinato de crianças e mulheres no massacre de domingo em Homs, na região central.

Em um comunicado emitido hoje, o organismo destacou que, entre os cadáveres encontrados no bairro de Karm el Zaitun (local do massacre) foram encontrados restos mortais de crianças, alguns deles degolados e com marcas de tortura.

Ontem, o grupo opositor Comitês de Coordenação Local divulgaram o descobrimento de 45 cadáveres em Homs, a maior parte de mulheres e crianças, culpando o regime de Damasco.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1061070-onu-aponta-230-mil-refugiados-e-morte-de-criancas-na-siria.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br