15/09/2010 12:00 am

ÔNIBUS VOLTAM A CIRCULAR APÓS PARALISAÇÃO

ÔNIBUS VOLTAM A CIRCULAR APÓS PARALISAÇÃO

SÃO LUÍS – Em entrevista à Rádio Mirante AM, no início da tarde desta quarta-feira (15), o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Dorival Silva, garantiu que os trabalhadores do transporte coletivo que aderiram à paralisação desta manhã, no Anel Viário, já voltaram a trabalhar normalmente. A paralisação foi motivada pela morte do motorista Ronielson Lima Pinheiro ontem à noite, no Residencial Paraíso.

 

De acordo com Dorival Silva, os “ônibus estão circulando normalmente” após a realização de uma reunião no fim da manhã. A reunião contou com a participação de representantes do Sindicato dos Rodoviários e do Sindicato Patronal, do secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, do comandante do Policiamento Metropolitano, Jefferson Telles e de representantes Secretaria Municipal de Transportes.

 

No encontro desta manhã, a questão da falta de segurança foi o principal assunto discutido. Dorival Silva disse que a paralisação foi suspensa somente após as autoridades do serviço de segurança terem garantido que o autor do assassinato do motorista Ronielson Lima Pinheiro será preso nas próximas horas. Isso porque, a polícia informou que o caso está praticamente elucidado.

 

– Nós saímos da reunião na Secretaria de Segurança, onde o secretário [Aluísio Mendes] nos assegurou que já está praticamente elucidado este crime e, até o fim do dia, os assassinos estarão presos. A categoria já voltou a trabalhar. A categoria já está toda desmobilizada. Os ônibus já estão circulando normalmente – explicou.

 

O comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Jefferson Telles, voltou a afirmar que o crime ocorrido na noite de terça-feira não estava relacionado à falta de segurança dentro dos ônibus. Por isso, a paralisação e a mobilização da categoria dos rodoviários deveria, no entendimento do comandante do CPM, ser suspensa.

 

– O bom senso foi a palavra de ordem na reunião. O fato do crime estava apontando para linha de vingança, passionalidade ou até acerto de contas. Chegamos à conclusão e pedimos pro presidente do Sindicato [dos Rodoviários], Dorival [Silva], que o movimento fosse desmobilizado até por uma questão de bom senso – disse o coronel.

 

Paralisação

 

Motoristas e cobradores da empresa Taguatur, que faz linha para área Itaqui-Bacanga, cruzaram os braços desde o início da manhã. Com o apoio do Sindicato dos Rodoviários do Estado do Maranhão, eles realizaram um ato de protesto na área do Anel Viário, no Centro da cidade.

 

Profissionais de outras empresas de transportes coletivos de São Luís também foram convocados para participar do manifesto, que teve como tema principal a onda de assaltos, agressões, enfrentada pela categoria no exercício da atividade.

 

 

Matéria atualizada 14h25.

FONTE: http://imirante.globo.com/noticias/2010/09/15/pagina253741.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br