7/10/2010 12:00 am

OGX BUSCARÁ PETRÓLEO E GÁS EM MAIS OITO MUNICÍPIOS DO MARANHÃO

OGX BUSCARÁ PETRÓLEO E GÁS EM MAIS OITO MUNICÍPIOS DO MARANHÃO

Com descoberta de gás natural em Capinzal do Norte, Estado apresenta potencial para ser um dos maiores produtores de gás no mundo

 

 

Mais oito municípios da Bacia do Parnaíba (terrestre) terão pesquisas sísmicas realizadas pela OGX Petróleo e Gás, tendo em vista que Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) emitiu licenças de instalação e de operação para que a empresa do empresário Eike Batista amplie as atividades em busca por petróleo e gás natural na região.

De acordo com comunicado publicado pela OGX em jornal local, as licenças autorizam a empresa a realizar pesquisas sísmicas em seis blocos, abrangendo o espaço territorial dos municípios de Lago da Pedra, Lago do Junco, São Luís Gonzaga, Lago dos Rodrigues, Trizidela do Vale, Bernardo do Mearim, Igarapé Grande e Poção de Pedras.

Com a descoberta de gás natural no município de Capinzal do Norte, cuja reserva é estimada em 15 trilhões de m³ de pés cúbicos (metade do que a Bolívia exporta diariamente ao Brasil), o Maranhão apresenta potencial para ser um dos maiores produtores de gás no mundo. Diante dessa projeção, a OGX intensificou os investimentos na região, com perspectiva de encontrar, também, petróleo.

De acordo com dados da Secretaria de Estado Extraordinária de Minas e Energia (Seme), a perspectiva é de que a reserva de gás natural em Capinzal do Norte representará 25% da produção nacional, que hoje é de 60 milhões de m³ por dia. “Capinzal já está sendo considerado o Pré-Sal do gás”, afirmou o secretário de Estado de Minas e Energia, Israel Ferreira.

A frente aberta pela OGX em busca de petróleo e gás natural no Estado não se limita apenas à Bacia do Parnaíba (terrestre). O foco da empresa também se estende à Bacia Pará-Maranhão (marítima), onde será realizada campanha exploratória.

Nessa perspectiva, a OGX trouxe a São Luís plataforma Ocean Sceptor, equipamento de propriedade da empresa Diamond Offshore, que se encontra fundeada na Baía de São Marcos em manutenção, devendo seguir para a campanha na Bacia Pará-Maranhão entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011.

A plataforma Ocean Scepter tem capacidade para perfurar poços de aproximadamente 11 mil metros de profundidade, em lâmina d’água máxima de até 100 metros.

Na Bacia Pará-Maranhão, que reúne uma área sedimentar total de aproximadamente 100 mil km², a OGX tem direitos de concessão sobre cinco blocos exploratórios. Atividades anteriores de perfuração em áreas próximas a três desses blocos indicaram a presença de petróleo leve na região.

Com informações do Governo do Maranhão

FONTE: http://www.investne.com.br/Noticias-Maranhao/ogx-buscara-petroleo-e-gas-em-mais-oito-municipios-do-maranhao

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br