19/10/2011 12:00 am

Oficina reúne mulheres que vivem com Aids em São Luís

Mulheres maranhenses vivendo com Aids encerraram, nesta terça-feira (18), uma oficina de fortalecimento de lideranças políticas. O evento promovido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) contou com a parceria da Organização Não Governamental Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero e teve início na segunda-feira (17), no anexo do Hotel Portas da Amazônia, localizado na Rua da Palma, nº 142.

A coordenadora do Departamento de DST/Aids da SES, Osvaldina Motta, disse que o número de mulheres vivendo com Aids vem aumentando a cada ano. “Das 5.232 pessoas infectadas pelo vírus HIV/Aids no Estado, 36% são mulheres e esta oficina serviu para formar lideranças conscientes dos seus direitos”, explicou. Participaram do evento mulheres dos municípios de São Luís, Codó, Bacabal e Imperatriz.

Durante o evento foram abordados temas como liderança e advocacia, direitos sexuais e reprodutivos, violência contra mulher e Aids. Também foram apresentados e discutidos o Plano de Ação de Sergipe com as mulheres soropositivas e a construção de estratégias de incidência política.

A coordenadora de programa da Gestos, Josineide de Menezes, explicou que a ONG é de Recife e já trabalha há 18 anos no fortalecimento de políticas públicas para mulheres vivendo com Aids. “Trabalhamos com a promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com Aids e estamos agora elaborando um plano de ações para mulheres soropositivas do Nordeste”, informou ela.

 

FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br/2011/10/18/oficina-reune-mulheres-que-vivem-com-aids-em-sao-luis-173985.htm

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br