24/06/2010 12:00 am

OBRAS NA UHE SANTO ANTÔNIO FORAM SUSPENSAS PELO CONSÓRCIO CONSTRUTOR DA USINA

OBRAS NA UHE SANTO ANTÔNIO FORAM SUSPENSAS PELO CONSÓRCIO CONSTRUTOR DA USINA
Devido aos protestos dos operários, as obras da Hidroelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, foram suspensas pelas empresas do consórcio, ODEBRECHT, ANDRADE GUTIERREZ, FURNAS, CEMIG E SANTANDER, acusando os trabalhadores de terem depredado, na última quinta feira, 35 ônibus.

Devido aos protestos dos operários, as obras da Hidroelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, foram suspensas pelas empresas do consórcio, ODEBRECHT, ANDRADE GUTIERREZ, FURNAS, CEMIG E SANTANDER, acusando os trabalhadores de terem depredado, na última quinta feira, 35 ônibus.

O Sindicato dos trabalhadores da construção civil de Rondônia, Sticcero, espera a empresa se manifestar sobre suas reivindicações para o retorno ao trabalho, devendo ter na próxima segunda feira uma assembléia geral.

Segundo rumores o estopim de revolta dos operários foi acidente onde morreram três trabalhadores depois de se desplomar uma plataforma. O encarregado teria manado jogar cimento acima deles com o argumento que não teria tempo para retirar os cadáveres.

Fontes relacionadas à empresa atribuem a um setor radicalizado as revoltas. Enquanto o deputado Moreira Mendes denunciou MAB de querer estourar o paiol do canteiro de obras de Jirau, tentando criminalizar o movimento.

Entre outras informações o Conselho de Justiça e Paz da Arquidiocese tem denunciado há semanas a presença de 12 corpos não identificados no IEML de Porto Velho, suspeitando se tratar de operários das hidrelétricas que as empresas se negam a reconhecer.

Está prevista para hoje, dia 24 de junho, uma reunião, às 19 h, no Centro de Pastoral da Arquidiocese de Porto Velho para as pastorais debaterem a situação das hidrelétricas do Madeira.

FONTE: http://www.cptnacional.org.br/index.php/noticias/12-conflitos/286-obras-na-uhe-santo-antonio-foram-suspensas-pelo-consorcio-construtor-da-usina

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br