6/12/2010 12:00 am

O GOLPE DE HONDURAS, SEGUNDO O DEPARTAMENTO DE ESTADO

O GOLPE DE HONDURAS, SEGUNDO O DEPARTAMENTO DE ESTADO

O chanceler Celso Amorim disse nesta sexta-feira (3) que o telegrama em que o embaixador americano em Honduras, Hugo Llorens, afirma não ter dúvidas de que houve um golpe “ilegal e inconstitucional” no país mostra que o Brasil estava certo no episódio.

“Fomos criticados aqui por muitos e o embaixador americano reconhece que aquilo ali foi um golpe, que contrariava a democracia nas Américas.”

O telegrama, vazado pelo site WikiLeaks, foi enviado a Washington em 23 de julho de 2009, quase um mês depois da deposição do presidente Manuel Zelaya.

No texto, Llorens analisa juridicamente o episódio e afirma que a ação dos militares, da Corte Suprema e do Congresso Nacional não teve respaldo na Constituição hondurenha.

O embaixador americano diz que a tese de que Zelaya violara a lei ao organizar um referendo sobre a convocação de uma Assembleia Constituinte “não foi provada” e que a acusação de que ele pretendia prolongar seu mandato é uma “suposição”.

Fonte: Blog do Nassif

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=142995&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br