11/05/2012 12:00 am

O brasileiro tem que ganhar R$ 2.329,35, aponta Dieese

O brasileiro tem que ganhar R$ 2.329,35, aponta Dieese

 

Os dados revelam que o brasileiro ganha uma quantia insuficiente para suprir as necessidades básicas. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo deveria ser de R$ 2.329,35 em abril, 3,74 vezes a mais do que os R$ 622,00 em vigor.

 

O Dieese leva em consideração o custo mais alto para a cesta básica (São Paulo), além do critério constitucional, cuja determinação é que o mínimo tem de ser capaz de cobrir os gastos de uma família com saúde, educação, alimentação, moradia, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

 

Em março, o valor apurado era de R$ 2.295,58. Em abril do ano passado, o mínimo necessário estimado foi de R$ 2.255,84, número 4,139 maior do que o salário mínimo da época (R$ 545,00).

 

Poder de compra

 

Com o aumento do valor da cesta básica, o poder de compra do trabalhador soteropolitano teve queda em abril. Foram comprometidos 38,03% do rendimento líquido com a cesta básica, maior do que os 37,03%, verificados em março.

 

Ainda em relação ao quesito, em abril, o mesmo cidadão teve de trabalhar de 77 horas e 05 minutos, contra 74 horas e 57 minutos de fevereiro. As informações confirmam que, apesar do aumento no início do ano, o salário mínimo vigente está muito longe do ideal.

 

Fonte: O Bancário

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=182848&id_secao=2

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br