15/12/2010 12:00 am

NOVA GREVE GERAL PARALISA GRÉCIA

NOVA GREVE GERAL PARALISA GRÉCIA

Agencia EFE

Atenas, 15 dez (EFE).- A Grécia está paralisada nesta quarta-feira em decorrência da oitava greve geral deste ano contra as medidas de austeridade do Governo para reduzir o déficit e a dívida e diante das manifestações contra uma nova lei que facilita as demissões.

Os principais sindicatos de trabalhadores e de funcionários de todos os setores da produção convocaram uma paralisação geral de 24 horas.

Como consequência, centenas de voos foram cancelados nos aeroportos gregos, que estão fechados devido à participação no protesto dos controladores aéreos e dos funcionários da Aviação Civil.

Até esta quinta-feira, os trens também não irão circular, inclusive o serviço de traslado ao aeroporto internacional de Atenas.

Em protesto contra a fusão de cinco empresas de transporte em duas, com a consequente redução de pessoal, o transporte urbano público em Atenas se viu interrompido no início da manhã, das 5h às 9h pelo horário local (1h-5h de Brasília).

Essas paralisações voltarão a ocorrer durante toda a noite, a partir das 21h local (17h de Brasília).

Os navios também não viajarão às várias ilhas gregas, que ficaram sem conexão ao continente.

A União de Funcionários Fiscais (Adedy) convocou seus filiados a uma manifestação em frente ao Parlamento e nas principais cidades gregas, em protesto contra a redução paulatina do setor e os cortes de até 25% em salários e pensões sofridos nos últimos dez meses.

A Confederação Geral de Trabalhadores (GSEE), que representa o setor privado e as empresas mistas, convocaram protestos contra a lei adotada nesta terça-feira à noite no Parlamento para facilitar as demissões.

A nova e polêmica regulamentação dá prioridade aos acordos entre empresas e funcionários frente aos convênios coletivos, e abre a possibilidade de diminuir os salários ao nível do salário mínimo, de 740 euros por mês.

Durante a greve, os hospitais públicos atenderão somente as emergências. Nos tribunais, ministérios, creches e bancos só serão prestados serviços mínimos. EFE

 

FONTE: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/12/nova-greve-geral-paralisa-grecia.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br