16/05/2012 12:00 am

Na USP, manifestantes protestam contra punição de alunos

Na USP, manifestantes protestam contra punição de alunos

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Estudantes, professores e funcionários da USP fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira contra a possível punição dos envolvidos na ocupação da reitoria da universidade, ocorrida em novembro de 2011.

Os ato reuniu cerca de 500 manifestantes, de acordo com os organizadores. Eles se reuniram em frente ao prédio da reitoria e caminharam até a rua Alvarenga, onde está localizada a Procuradoria Disciplinar da USP.

Neste local, a Comissão de Sindicância da USP deveria ouvir hoje 51 alunos que participaram da ocupação, mas a audiência foi adiada. De acordo com a reitoria, a nova data ainda não foi definida.

Segundo o Sintusp, sindicato dos funcionários, os manifestantes pedem ainda a retirada dos processos administrativos movidos pela universidade contra funcionários e professores.

“São processos relativos à paralisação de abril de 2011, que fizemos em defesa dos 270 funcionários demitidos em janeiro daquele ano”, diz Neli Waba, diretora do Sintusp. Além disso, segundo Neli, outros quatro integrantes do Sintusp também podem ser punidos por se envolverem com a ocupação da reitoria de 2011.

“É um ato contra a criminalização dos movimentos sociais. Existem processos administrativos contra alunos, funcionários e professores”, diz Fábio Luís Franco, mestrando em filosofia na FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas). “Essas audiências [que estavam marcadas para hoje] fazem parte de um processo muito mais amplo de perseguição política na universidade”, afirmou.

Por volta dar 15h30, os manifestantes ainda estavam reunidos em frente à reitoria, onde ocorria um debate sobre a democratização da USP.

OUTRO LADO

Em nota, a reitoria afirmou que os 51 alunos foram chamados para prestar depoimento sobre “danos ao patrimônio público causados pela invasão da reitoria no ano passado” e garantiu que eles terão “amplo direito de defesa”.

O órgão afirmou ainda que os alunos poderão ser punidos com advertência verbal, repreensão por escrito, suspensão e, até mesmo, eliminação.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1091274-na-usp-manifestantes-protestam-contra-punicao-de-alunos.shtml

 

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br