22/07/2010 12:00 am

MST OCUPA PRÉDIO DO INCRA NO CEARÁ

MST OCUPA PRÉDIO DO INCRA NO CEARÁ

Da página do MST

Desde a madrugada de quinta-feira (22/7), cerca de 400 trabalhadores e trabalhadoras do MST ocupam o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), localizado em uma das principais avenidas de Fortaleza (Ceará).

A exigência é a liberação de recursos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) para o pagamento de 40 educadores do estado.

De acordo com Maria de Jesus, coordenadora do MST no Ceará, “há mais de onze meses os educadores estão sem receber pagamento. Estamos reivindicando o descontigenciamento imediato dos recursos do Pronera”, defende, ressaltando que esta dificuldade existe também em outros estados.

Além disso, estão entre as principais reivindicações da ocupação o assentamento de 2 mil famílias e 27 acampamentos no Ceará.

O contexto da seca no Ceará, de acordo com Maria, também é um ponto preocupante, bem como a dificuldade de emissão de certificação ambiental nos assentamentos de Reforma Agrária. “Há assentamentos de um ano que não conseguem fazer a casa. Temos também o problema da seca. Não tivemos safra neste ano. No Nordeste, enquanto uns estão morrendo devido às chuvas, outros estão sofrendo perdas com a safra”, relata.

A ocupação deve se estender até o cumprimento da pauta. “Montaremos um acampamento pedagógico”, informa a dirigente do MST.

 

FONTE: http://www.mst.org.br/node/10302

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br