17/04/2012 12:00 am

MST fecha estradas e invade prédios em pelo menos sete Estados

MST fecha estradas e invade prédios em pelo menos sete Estados

DANIEL CARVALHO
DE SÃO PAULO
AGUIRRE TALENTO
DE BELÉM

Em mais de um dia de protestos pelo país, o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) bloqueou estradas e ocupou prédios em vários Estados na manhã desta terça-feira (17).

A onda de manifestações integra o chamado “Abril Vermelho”, jornada de invasões realizada anualmente pelo movimento pedir rapidez e melhoras na reforma agrária e também lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás (PA), onde 19 agricultores do MST foram mortos pela polícia em 1996.

Em São Paulo, o MST fez uma manifestação de aproximadamente 40 minutos na rodovia Anhanguera, em Perus, zona norte. Cerca de 300 pessoas chegaram a bloquear o fluxo dos veículos na chegada à capital, mas a pista foi liberada por volta das 10h20, de acordo com a Autoban, concessionária que administra a rodovia.

Em Minas Gerais, os sem-terra fazem manifestação no quilômetro 658 da rodovia Fernão Dias (BR-381), que liga Belo Horizonte a São Paulo.

De acordo com a assessoria de imprensa da OHL Brasil, concessionária da autopista, manifestantes fecharam cinco das seis cabines do pedágio, o que gerou congestionamento de um quilômetro no sentido SP-BH, por volta das 12h.

Às 15h, o engarrafamento havia diminuído para 200 metros. Motoristas estão passando pela única cabine livre sem pagar.

A sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Belo Horizonte foi ocupada pela manhã, mas a situação era tranquila no local, segundo o instituto.

Em Pernambuco, os sem-terra fecharam 15 pontos de dez rodovias –duas estaduais e oito federais– e invadiram duas fazendas.

Na Bahia, os agricultores ocupam a superintendência do Incra e fecharam pontos de três rodovias federais. Desde o início do mês eles ocupam 24 fazendas.

No Ceará, agricultores estão na sede do palácio do governo, em Fortaleza.

No Rio Grande do Sul, 200 famílias mantêm invadidas duas propriedades. Agricultores fazem interrupções de 21 minutos em rodovias de nove municípios do Estado.

Em Mato Grosso, manifestantes bloquearam, pelo segundo dia, a BR-163, principal rodovia da região para escoar grãos para exportação.

O MST diz ainda que bloqueia rodovias em Sergipe, Alagoas e no Paraná. Segundo o movimento, ta

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1077334-mst-fecha-estradas-e-invade-predios-em-pelo-menos-sete-estados.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br