15/12/2010 12:00 am

MINISTÉRIO DA SAÚDE PREVÊ AUMENTO DE PESSOAS COM HIV NO BRASIL

MINISTÉRIO DA SAÚDE PREVÊ AUMENTO DE PESSOAS COM HIV NO BRASIL

Dados do Ministério da Saúde mostram que no Brasil cerca de 630 mil pessoas vivem com o HIV e esse número deve aumentar, já que a quantidade de pessoas com vida sexualmente ativa que fizeram o teste pelo menos uma vez passou de 40%, em 2009, para 60% em 2010. E, no mundo, cerca de 370 mil bebês nascem com o vírus. 

É possível uma geração de crianças viver sem o vírus HIV se a comunidade internacional intensificar os esforços para o acesso universal à prevenção e ao tratamento contra a doença. Para que houvesse conscientização, e preocupados com esta realidade, os estudantes do 1º ano B do Colégio Universitário da UFMA (Colun) visitaram ontem, 13, a casa “Sonho de Criança”, que abriga crianças portadoras ou não do vírus. 

A visita foi coordenada pela professora Marinez Tamburini, autora do projeto “Soy ciudadano: tengo que ver con esto, eso y aquello”, que tem por finalidade incentivar os estudantes para ações de solidariedade e amor a quem precisa, e tendo como base o projeto, a professora de Biologia do Colun, Marilene Siqueira, e suas estagiárias ministraram uma palestra sobre o HIV para conscientizar os discentes sobre as formas de contágio e prevenção da enfermidade, bem como mostrar que não é necessário discriminar uma pessoa portadora do vírus, já que não é uma doença transmitida por picada de mosquito ou contatos físicos, e sim por meio de seringas ou agulhas contaminadas, atos sexuais, transmissão de sangue contaminado ou por transmissão de mãe para filho. 

Após a palestra, os estudantes mobilizaram a escola e puderam contar com a contribuição de muitos professores, quanto à arrecadação de leite, mucilon (massa de arroz) e brinquedos para doação. Durante a visita, algumas estudantes se caracterizaram de personagens infantis e fizeram um momento de recreação com lanche coletivo. 

A professora Marinez enfatiza que fazer uma criança sorrir é um gesto simples e só precisa de solidariedade. Assim, os alunos puderam vivenciar mais um momento importante que os torna cada vez mais cidadãos. “Nos dias de hoje, os problemas sociais existentes são inúmeros e é fundamental termos um olhar diferenciado sobre a realidade, e nesse cenário, estão os nossos estudantes que, como sujeitos ativos, estão pondo em prática uma conscientização crítico-social como forma de atuar na sociedade, destacando o valor de uma ação solidária”, destaca Marinez Tamburini. 

Veja abaixo as fotos da visita 

Revisão de texto: Carla Morais

 

FONTE: http://www.ufma.br/noticias/noticias.php?cod=9802

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br