8/11/2010 12:00 am

MILHARES DE JOVENS SERÃO BENEFICIADOS NO ESPORTE SEM DROGAS

MILHARES DE JOVENS SERÃO BENEFICIADOS NO ESPORTE SEM DROGAS

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) por meio da Secretaria Adjunta de Modernização Institucional (SAMI) iniciou na última sexta-feira (5), as atividades do Projeto Esporte Sem Drogas. A primeira fase do projeto contemplará 1.200 alunos de 48 escolinhas de futebol de diversos bairros da capital.

Os alunos, integrantes das escolinhas participaram durante todo o dia de um ciclo de palestras sócio-educativas, coordenadas pelos polos dos Centros Integrados de Defesa Social (Cids).

A ação é uma iniciativa da Secretaria de Segurança em parceria com o Ministério da Justiça, por meio do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci). O objetivo do projeto é que através do esporte, crianças e adolescentes na faixa etária dos 14 aos 29 anos em situação de vulnerabilidade social possam ser inseridas dentro dos ciclos sociais. Ao todo, o projeto pretende atingir 7.200 adolescentes de vários bairros da Região Metropolitana de São Luis.

Para o major João Machado, gestor do projeto, essa etapa vai possibilitar ao jovem trocar experiências com os palestrantes além de obter conhecimento em vários assuntos. “Aliamos o ciclo de palestras às atividades sócio-esportivas. Com essas discussões poderemos criar um perfil do jovem que é contemplado pelo projeto e assim traçar medidas complementares que ajudem a reduzir os índices de envolvimento no mundo das drogas”, ressaltou.

Segundo Machado, à proporção que as palestras forem se desenvolvendo, cada escolinha receberá um kit esportivo que ajudará na execução das atividades de futebol. Cada Kit é composto com equipagens, bolas de couro, meias, coletes, cones além de instrumentos de primeiros socorros. Ele lembrou ainda que as outras fases do projeto serão agendadas ao final de cada ciclo de palestras.

Eixo temático

Durante as palestras, os alunos terão noções sobre a Lei 11.343 que trata do uso e tráfico de entorpecentes. Assuntos como Conhecimentos sobre Juventude e Cidadania, as vantagens do exercício físico na juventude, além de noções sobre a questão de gênero também estarão na mesa de discussões. O corpo técnico das palestras será formado por delegados da Polícia Civil, psicólogos, assistentes sociais, educadores físicos e pedagogos.

Inscrições


Para os diretores das escolinhas interessados em participar devem entrar em contato com a coordenação do Projeto, por meio do telefone (98) 3214-3822 ou se dirigir à Secretaria de Segurança Pública, na Vila Palmeira, e procurar a Secretaria Adjunta de Modernização Institucional (SAMI).

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=12608

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br