6/01/2011 12:00 am

METRÔ SERÁ INSTALADO EM CODÓ E CAXIAS EM 2012

METRÔ SERÁ INSTALADO EM CODÓ E CAXIAS EM 2012

Caxias – Segundo o diretor do Programa Trem Regional, Afonso Carneiro Filho, as populações de Caxias e Codó serão convocadas para participar, logo após o Carnaval, de audiências públicas para discutir a instalação do metrô de superfície, interligando Teresina, Timon, Caxias e Codó. O programa é do Governo Federal.
Em Timon, primeiro município participante do programa a receber o metrô, o sistema já começou a funcionar. Para Caxias e Codó, a previsão é de que o metrô trafegue até meados do próximo ano.

Segundo Afonso Carneiro Filho, os prefeitos e governadores dos dois estados, Piauí e Maranhão, participarão de um primeiro encontro com data ainda a ser definida.

“O que nós pretendemos é mostrar que o projeto é viável e que não há nada de mirabolante nisso, visto que será utilizado para o tráfego desse metrô os trilhos já existentes. Faltando apenas adaptações e melhorias”, adiantou o diretor do programa.

Enquanto em Caxias ainda não há qualquer movimentação para viabilizar o projeto, em Codó as autoridades municipais já começaram as articulações. O secretário de Planejamento, Pauly Maran, garantiu que o Município abraçará o programa, tanto que uma equipe da atual administração já entrou em contato com o Ministério dos Transportes para discutir a sua viabilização.

“Temos interesse em trazer esse programa para a cidade e já estamos nos mobilizando para isso. O atual governo dará total apoio para que o metrô chegue até a cidade e não vamos medir esforços para isso”, sentenciou o secretário.

Veículo – O Programa Trem Regional prevê a recuperação de trechos ferroviários que interligam cidades com mais de 100 mil habitantes em todo o Brasil. Nesses trechos são colocados em funcionamento metrôs conhecidos como Veículo Leve sob Trilhos (VLT).

O metrô é mais confortável, rápido e econômico que os trens que eram utilizados anteriormente. Por conta disso, o custo dos passageiros também é menor.

A passagem de metrô, em Teresina, por exemplo, onde o sistema já funciona com sucesso, custa R$ 0,50, enquanto o bilhete de ônibus custa R$ 1,90. Esses valores comprovam o impacto social do projeto de revitalização da malha ferroviária de várias cidades onde o sistema já foi implementado.

Mais

Em Caxias, o projeto ainda preciso ser difundido, pois nem mesmo o sistema transporte coletivo, interligando bairros da cidade, funciona como deveria e ainda deixa muito a desejar para aqueles que precisam se locomover dentro da cidade.

Fonte: O Estado do MA

FONTE: http://www.portaldomaranhao.com.br/2007/?pg=ler&id=22995

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br