26/07/2012 12:00 am

Mercosul adia negociações bilaterais com União Europeia

Mercosul adia negociações bilaterais com União Europeia

 

Com a entrada da Venezuela e a suspensão do Paraguai no Mercosul, o bloco resolveu adiar a negociação com a União Europeia (UE) que estava prevista para esta semana em Brasília.

 

O comissário europeu de Comércio, Karel de Gucht, conversou com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e concordou com o pedido brasileiro para empurrar a negociação para o mês de outubro, com o objetivo de tentar realmente avançar, apesar dos solavancos políticos e econômicos existentes nos dois lados.

O plano brasileiro é de voltar a fazer troca de ofertas de liberalização durante sua presidência do Mercosul, que vai até dezembro deste ano. Mas as dúvidas são fortes, pela situação política no bloco e pela resistência de variados setores econômicos nos dois lados a tentativas de liberalização no cenário atual.

 

A Venezuela deve formalmente entrar no Mercosul no fim do mês, mas apenas depois é que ficará mais claro como o país vai implementar a Tarifa Externa Comum (TEC). Negociadores brasileiros acreditam que o governo de Hugo Chávez aceitará o processo, até porque seus representantes já vêm acompanhando as negociações como observadores.

 

A União Europeia tenta acelerar os acordos bilaterais de comércio para tentar aumentar as exportações e dar um impulso no crescimento que, todo mundo concorda, vai ser fraco durante anos, no rastro da pior crise da dívida dos últimos tempos.

 

Com informações do Valor Econômico

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=189438&id_secao=2

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br