12/11/2010 12:00 am

MEDIDAS VISAM MELHORIAS NA PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA

MEDIDAS VISAM MELHORIAS NA PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA

Reunião decidiu sobre alterações necessárias na resolução atual de cursos de especialização Lato Sensu

Os cursos de pós-graduação a distância na UFMA ganham mais um incentivo. Em reunião nesta segunda-feira, 08, representantes do Núcleo de Educação a Distância, da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA e coordenadores dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu se reuniram para decidir algumas medidas sobre as especializações da modalidade. 

A ocasião serviu para o compartilhamento das experiências sobre as especializações a distância em andamento. A principal medida a ser tomada será a modificação da resolução voltada para os cursos de pós-graduação a distância. Hoje são 8 especializações a distância sendo ofertadas pela UFMA: Gestão Pública, Gestão em Saúde, Gestão Pública Municipal, Saúde na Família, Saúde Materno-Infantil, Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde, Gestão Escolar e Mídias na Educação. 

“Os cursos de especialização a distância têm que atender a determinados critérios diferentes da especialização presencial. Dessa forma, nós estamos fazendo as alterações necessárias na resolução atual de cursos Lato Sensu para atender todos os critérios que são necessários para a criação e, também, para a realização de especializações a distância”, afirma o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA, Fernando Carvalho. 

Foram recolhidas as sugestões para serem incluídas na resolução e iniciado o processo de aprovação no conselho de ensino, pesquisa e extensão. As mudanças devem ser realizadas até o início do próximo ano. Com as alterações, os alunos das especializações vão ter acesso aos diversos serviços da Universidade por meio de um novo sistema de gestão que vai disponibilizar um link específico no portal, com informações sobre os cursos. 

Além disso, vão ser realizadas reuniões trimestrais, com recebimento de relatórios executivos; isso vai possibilitar um monitoramento efetivo, melhorando a qualidade desses cursos. A implantação do novo sistema está prevista para janeiro de 2011. 

Foi definido ainda sobre a realização de seminários semestrais para apresentação dos cursos desta modalidade pela Universidade. O primeiro deve acontecer no próximo semestre. 

Revisão de texto: Carla Morais

FONTE: http://www.ufma.br/noticias/noticias.php?cod=9578

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br