11/11/2010 12:00 am

MARANHÃO É O 6º ESTADO COM MAIOR SUPERLOTAÇÃO NOS PRESÍDIOS

MARANHÃO É O 6º ESTADO COM MAIOR SUPERLOTAÇÃO NOS PRESÍDIOS


O desembargador José Fróes Sobrinho, do Tribunal de Justiça do Maranhão, afirma que as 18 mortes na rebelião no complexo penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, ocorreram por brigas de rivais: presos do interior contra os da capital.

A falta de unidades prisionais no interior do Estado faz com que os presos cumpram pena na capital. Ao longo do tempo isso gerou rivalidade.

Fróes disse que o anexo do presídio São Luís, onde houve 15 mortes, é uma das unidades com menor número de detentos e a superlotação não era uma queixa.

Luís Antonio Pedrosa, da Comissão de Direitos Humanos da OAB, que participou do primeiro dia de negociação, disse que os presos reclamavam de superlotação e de racionamento de água.

O complexo de quatro unidades tem capacidade para 2.000 detentos. Hoje abriga 4.000. Segundo Pedrosa, o anexo tinha 214 presos. A secretaria disse que ali não há superlotação, mas não informou o número de vagas.

Fonte : O Imparcial

FONTE: http://www.tribunadomaranhao.com.br/noticia/maranhao-e-o-6-estado-com-maior-superlotacao-nos-presidios-7958.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br