21/12/2011 12:00 am

Maranhão criou somente 334 empregos no mês de novembro

 

 

Maranhão criou somente 334 empregos no mês de novembro

 

O cálculo é feito com o número de contratações subitraído pelas demissões. Em novembro o Maranhão admitiu 16.357 e demitiu 16.023, com saldo de 334.

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em novembro de 2011 foram gerados 334 empregos celetistas (de carteira assinada) no estado do Maranhão. O número é equivalente à expansão de 0,08% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior (outubro).

Colocando em números, o Estado do Maranhão admitiu 16.357 pessoas e demitiu 16.023, chegando a saldo de 334 novos postos de trabalhos formais.

O que chama a atenção foi a capital São Luís, que criou 1.293 empregos. Sendo que foram contratadas 9.372 pessoas, ao passo que 8.079 foram demitidas. Por outro lado, a cidade de Timon admitiu 136 pessoas e demitiu 351, que revela um saldo negativo de 215 (-3,46%).

Tal comportamento decorreu da geração de empregos principalmente nos setores do Comércio (+1.100 postos), da Agropecuária (+447 postos) e de Serviços (+319 postos), cujos saldos positivos mais que superaram as quedas verificados nos setores da indústria de Transformação (-929 postos) e na Construção Civil (-622 postos).

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos primeiros onze meses do ano de 2011, houve acréscimo de 26.802 postos (+6,62%).

Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses, verificou-se acréscimo de 5,12% no nível de emprego ou +21.022 postos de trabalho no Maranhão.

O estado ficou em 20º lugar em relação a geração de empregos.

confira lista
1º Rio de Janeiro – 24.867
2º Rio Grande do Sul – 12.875
3º Santa Catarina – 12.089
4º Minas Gerais – 5.825
5º Paraná – 5.663
6º Pernambuco – 5.135
7º Ceará – 4.368
8º Pará – 4.226
9º Bahia – 3.157
10º Paraíba – 2.150
11º Alagoas – 2.030
12º Espírito Santo – 1.714
13º Distrito Federal – 1.430
14º Sergipe – 1.312
15º Amazonas – 1.303
16º Rio Grande do Norte – 1.013
17º Piauí – 590
18º Amapá – 496
19º Roraima – 451
20º Maranhão – 334

Brasil
De acordo com dados do Caged, foram gerados 42.735 empregos celetistas em todo o país, equivalente à expansão de 0,11% no estoque de assalariados com carteira assinada do
mês anterior.

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, No acumulado do ano, os dados mostram um acréscimo de 2.320.753 empregos (+6,46%).

Ainda na série com ajustes, Nos últimos 12 meses, verificou-se a criação de 1.900.571 postos de trabalho, equivalente à expansão de 5,23% no contingente de empregados celetistas do país.

Fonte: O Imparcial

http://www.portalma.com/explorer/principal/open/2/noticias/geral/8913/maranhao-criou-somente-334-empregos-no-mes-de-novembro-

 

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br