15/10/2012 12:00 am

Mais quatro estados têm atendimento de planos de saúde suspenso

Mais quatro estados têm atendimento de planos de saúde suspenso

 

 

Médicos no Amazonas, no Rio Grande do Sul, em Rondônia, em Santa Catarina e no Tocantins suspendem, a partir desta segunda-feira (15), o atendimento a pacientes de planos de saúde. Em oito estados, também há paralisações – no Acre, na Bahia, no Maranhão, em Mato Grosso do Sul, em Minas Gerais, no Pará, em São Paulo e em Sergipe.

 

 

Esta é a quarta suspensão anunciada pela categoria em dois anos. De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), durante o movimento, não serão realizadas consultas e cirurgias eletivas. Segundo o órgão, os pacientes foram informados previamente sobre a paralisação e terão que remarcar o atendimento. Serviços de urgência e emergência não serão afetados.

 

Além do reajuste de honorários de consultas e de outros procedimentos, a pauta de reivindicações inclui a inserção, em contrato, de critérios de reajuste, com índices definidos e periodicidade e o fim da intervenção dos planos na relação médico-paciente.

 

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) indicam que, entre 2003 e 2011, a receita das operadoras cresceu 192%, enquanto o valor médio pago por consulta aumentou 65%. Cálculos da própria categoria, entretanto, indicam que houve reajuste de 50%.

 

Fonte: AGência Brasil

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=196342&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br