16/12/2010 12:00 am

LULA ABRIU CAMINHO PARA O BRASIL SER MAIS IGUAL, DIZ REPRESENTANTE DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

LULA ABRIU CAMINHO PARA O BRASIL SER MAIS IGUAL, DIZ REPRESENTANTE DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Ivan Richard

Repórter da Agência Brasil

 

Brasília – Em tom de despedida, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu hoje (15) aos movimentos sociais o apoio que deram durantes os seus oito anos de governo. A 16 dias de passar a faixa para a presidenta eleita Dilma Rousseff, Lula afirmou que durante seu governo o país conseguiu mudar a relação do Estado com os movimentos sociais.

 

“Vocês nunca se comportaram com subserviência em relação ao governo, nunca abriram mão das suas convicções e das reivindicações. Nós nos unimos para o bem maior, que era melhorar este país”, disse Lula. “Vocês me ajudaram a enxergar, muitas vezes, os caminhos que eu não estava enxergando.”

 

O presidente reafirmou que, antes de sua chegada à Presidência da República, os movimentos sociais não eram ouvidos e sequer conseguiam audiência com o presidente. “Presidente não se reunia com sindicalista, com estudante, com sem teto. Não era possível que nós, depois de recebermos o carinho de vocês na eleição de 2002, não mostrássemos para a sociedade que havia uma maneira diferente de o presidente se relacionar com a sociedade.”

 

Representando o movimento negro, Célia Gonçalves de Souza, afirmou que o governo Lula abriu o caminho para o país ser mais igual. “Se não foi o ideal, mas foi o possível. Hoje, podemos dizer que estamos no caminho certo para igualdade de todos e todas.”

 

O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Augusto Chaves, ressaltou a atuação de Lula na união de todos os movimentos sociais e as medidas voltadas para a educação tomadas nos últimos oito anos. “Você foi o presidente, na história do país, que mais fez pela educação.”

 

Lula disse que após deixar a Presidência da República continuará na política trabalhando para fazer reformas que não foram feitas durante sua gestão. “Ainda temos muito trabalho pela frente. As conquistas da sociedade são infinitas. Cada vez que conquistamos uma coisa, descobrimos que podemos conquistar mais. Vou descansar dois ou três meses, mas depois contem comigo”, disse o presidente aos representantes dos movimentos sociais.

 

Edição: João Carlos Rodrigues

 

FONTE: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ultimasnoticias;jsessionid=6BE6E38A47177F049737D4842F96AC6D?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_56_groupId=19523&_56_articleId=1122634

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br