30/03/2011 12:00 am

LECI BRANDÃO CONDENA DECLARAÇÃO RACISTA DE BOLSONARO NO CQC

A sambista e deputada estadual Leci Brandão (PCdoB-SP) repudiou, nesta terça-feira (29), as “declarações racistas, absurdas e agressivas” do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) ao CQC, da TV Bandeirantes. Na edição do programa levada ao ar nesta segunda-feira, Bolsonaro afirmou que seus filhos jamais correriam o “risco” de namorar uma mulher negra.

O parlamentar, ícone da direita mais reacionária do país, participava de um quadro do CQC em que respondia a perguntas gravadas por uma série de pessoas, como a cantora Preta Gil. Ela indagou o que Bolsonaro faria caso seus filhos se relacionassem com negras. 

“Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu”, rosnou Bolsonaro.

Após a exibição da resposta, Preta Gil — que não chegou a assistir ao programa, mas viu a repercussão pela internet — postou no Twitter: “Advogado acionado, sou uma mulher negra, forte e irei até o fim contra esse deputado, racista, homofóbico, nojento”. E acrescentou: “Estou em paz, sei muito bem a família que tenho, o orgulho de ser negra e a consciência dos meus direitos como cidadã”.

Ao saber do depoimento preconceituoso do deputado, Leci saiu em defesa da cantora ofendida. “Deus te abençoe, Preta Gil. Realmente você nos orgulha com suas atitudes”, escreveu Leci, no Twitter. “Processar o ultra-reacionário Jair Bolsonaro incentiva os cidadãos negros e negras deste país a reagir juridicamente contra declarações racistas, absurdas e agressivas.”

Da Redação, com agências

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=150636&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br