15/06/2012 12:00 am

Jovens fazem protesto contra Tio Sam na Rio+20

Jovens fazem protesto contra Tio Sam na Rio+20

 

Um grupo de jovens de diferentes países aproveitou um intervalo nas discussões da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), no Rio de Janeiro, para protestar contra a despreocupação dos Estados Unidos com a pauta ambiental. Um Tio Sam, símbolo do país, fez parte de uma encenação que atraiu dezenas de pessoas a um sanguão do Riocentro na quinta-feira.

 

Com uma bandeira norte-americana e outra simbolizando as grandes multinacionais, os jovens criticaram o apoio que o governo norte-americano dá aos grandes “poluidores”. “Essas empresas que recebem dinheiro dos Estados Unidos saem pelo mundo promovendo a destruição”, disse o australiano Willian Mudfond.

 

Já o norte-americano Brandon Scholnman destacou os danos provocados pelas grandes empresas de petróleo. “Estamos aqui para denunciar isso”, afirmou, ao destacar que o grupo vai fazer intervenções durante todos os dias da conferência. O protesto bem-humorado arrancou gargalhadas do público, que aparentemente conseguiu superar a tensão com a falta de um acordo sobre o documento final da Rio+20.

 

A expectativa da ONU era chegar a um consenso em torno dos 400 pontos do texto até amanhã, quando terá fim a reunião do comitê preparatório. No entanto, a própria organização já cogita que a pauta sobre o desenvolvimento sustentável para os próximos 20 anos só será concluída na reunião dos chefes de Estado, na próxima semana. Até esta quarta-feira, menos de um terço do documento final havia sido concluído.

 

Com Terra

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=185971&id_secao=10

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br