20/12/2010 12:00 am

IRAQUE: TITULAR DE PETRÓLEO DEVERÁ SER MANTIDO EM NOVO MINISTÉRIO

IRAQUE: TITULAR DE PETRÓLEO DEVERÁ SER MANTIDO EM NOVO MINISTÉRIO

Está marcado para esta segunda-feira (20) o anúncio pelo primeiro-ministro iraquiano Nuri al-Maliki da composição de seu novo ministério. Segundo autoridades locais, uma das decisões tomadas por ele é a manutenção do ministro do petróleo, o xiita Hussain al-Shahristani, que pôs em prática um plano ambicioso para transformar o país devastado pela guerra em um mega produtor global de petróleo.

Hussain al-Shahristani terá papel central no governo uma vez que o Iraque tenta reconstruir sua infraestrutura mais de sete após a invasão liderada pelos Estados Unidos deposto Saddam Hussein, mais tarde executado. As ações estadunidenses levaram o caos para a o país e levou ao desencadeamento de conflitos que mataram dezenas de milhares de pessoas.

O ministro do Exterior, Hoshiyar Zebari, da etnia curda, também permanecerá no cargo, mas ainda não foi tomada uma decisão final para o ministério das Finanças, afirmaram fontes próximas ao xiita Maliki.

Sob a direção do ex-cientista nuclear, o ministério de Petróleo fixou metas ambiciosas para elevar a capacidade de produção do Iraque para acima de 12 milhões de barris por dia (bpd) em seis ou sete anos, dos atuais 2,5 milhões.

Esse nível transformaria o país em um rival da Arábia Saudita, líder mundial. Analistas dizem que uma meta de 6 a 7 milhões de bpd é mais realista para o Iraque, que obtém 95 por cento de suas receitas federais do petróleo.

Com agências

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=144037&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br