16/12/2010 12:00 am

INVESTIMENTO ESTRANGEIRO DIRETO NA CHINA CRESCE 38% EM NOVEMBRO

INVESTIMENTO ESTRANGEIRO DIRETO NA CHINA CRESCE 38% EM NOVEMBRO

Os estrangeiros aplicaram US$ 9,704 bilhões em investimentos diretos na China em novembro, montante 38,17% superior ao registrado no mesmo mês de 2009, segundo informações do Ministério de Comércio do país, divulgadas pela agência oficial de notícias Xinhua.

Este foi o 16º mês consecutivo de aumento nos investimentos estrangeiros no setor produtivo chinês. Nos 11 primeiros meses de 2011, foram aplicados US$ 91,707 bilhões, 17,73% a mais que no mesmo período de 2009. 

Pelos cálculos do Ministério do Comércio, o país deve atrair cerca de US$ 100 bilhões em Investimentos Estrangeiros Diretos (IED) neste ano. É a economia que mais atrai essas inversões, que contribuem de forma relevante para as elevadas taxas de crescimento da economia, que já transformaram a China na segunda maior economia do mundo.

Não é difícil entender a preferência do capital estrangeiro pela próspera nação asiática, apesar do fato de ser dirigida pelo Partido Comunista. O capital migra de acordo com as oportunidades e perspectivas de retorno financeiro, ou seja, é atraído pela taxa de lucro. Com a maior taxa de crescimento do mundo e até agora resistente às crises de superprodução (diferentemente dos EUA, UE e Japão), a China propicia lucros gordos e estabilidade aos empresários. Daí sua posição destacada na geografia dos IED.

Da redação, com Valor

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=143816&id_secao=2

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br