28/01/2011 12:00 am

INFRAERO CONQUISTA LICENÇA AMBIENTAL PARA INICIAR OBRAS DO AEROPORTO DE VIRACOPOS

INFRAERO CONQUISTA LICENÇA AMBIENTAL PARA INICIAR OBRAS DO AEROPORTO DE VIRACOPOS

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) deu um passo importante para a ampliação do Aeroporto Internacional de Campinas/Viracopos nesta quinta-feira (27). Por unanimidade, o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) aprovou o parecer técnico da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), disponibilizando a Licença Ambiental Prévia para o início da ampliação do aeroporto. 

Além da construção da segunda pista, estão licenciadas as obras de implantação de um segundo terminal de passageiros e ampliação do terminal de cargas. Na ampliação de Viracopos devem ser investidos R$ 823,6 milhões, com previsão de término das obras dessa primeira fase em 2015. A ampliação completa do aeroporto só deve terminar em 2025.

Para isso, será necessário implantar uma unidade de conservação ambiental de 222,8 hectares para compensar a derrubada de um trecho da mata do cerrado.

Durante a reunião do Consema, o superintendente de Meio Ambiente da Infraero, Mauro Cauville, apresentou os projetos de ampliação de Viracopos e respondeu aos questionamentos feitos pelos membros do conselho. 

Para Jaime Henrique Caldas Parreira, diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Infraero, a parceria tornou possível se chegar a um bom termo e, de fato, iniciar os projetos. “Teremos o grande aeroporto da região metropolitana de São Paulo, com uma capacidade extraordinária num horizonte médio e longo”, comemorou Jaime Parreira. 


Histórico 

O Plano Diretor de Viracopos prevê obras que transformarão o Aeroporto Internacional de Campinas no maior da América do Sul, com capacidade para atender mais de 62 milhões de passageiros, além de 570 mil operações de pousos e decolagens e 720 mil toneladas de cargas ao ano. 

Em 2008, a Infraero deu entrada no Estudo e Relatório de Impacto Ambiental junto à Cetesb e, em fevereiro e maio de 2009, realizou audiências públicas nas cidades de Campinas e de Indaiatuba, respectivamente. 

Entre maio de 2009 e novembro de 2010, a Infraero estabeleceu entendimentos junto aos órgãos ambientais em relação à viabilidade do empreendimento e às condicionantes de sua implantação, o que culminou em dezembro último com o parecer favorável e agora com a emissão da licença.   


O empreendimento 

As obras de ampliação e melhorias do Aeroporto Internacional de Campinas contemplam, na sua primeira fase, a implantação do Terminal de Passageiros, nova pista de pouso e decolagem, expansão dos Terminais de Carga, sistema viário, expansão de pátios de aeronaves e aviação executiva. Nesta fase, estes investimentos somam R$ 823 milhões, com horizonte de conclusão em 2015.

 

Fonte: 
Infraero

 

FONTE: http://www.brasil.gov.br/noticias/arquivos/2011/01/27/infraero-conquista-licenca-ambiental-para-iniciar-obras-do-aeroporto-de-viracopos

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br