28/12/2011 12:00 am

Indígenas bolivianos retomam marcha por estrada

Indígenas bolivianos retomam marcha por estrada

 

A marcha que reivindica a construção de uma estrada no Território Indígena e Parque Nacional Isiboro-Sécure (Tipnis) será retomada hoje em direção à localidade de Melga, depois de um dia de descanso.

 

Os participantes da caminhada, cerca de 800, depois das incorporações dos últimos dias, recuperaram-se durante um dia em Colomi, de onde sairão nesta quarta-feira rumo a Melga, e onde chegaram na segunda-feira, acossados pela chuva e pelo frio.

 

Segundo o delegado Diego Vidal, mais de 400 pessoas somaram-se nos últimos dias, a maioria membros das próprias comunidades indígenas, as quais esperaram que passasse o Natal.

 

Enquanto isso, o chefe principal do Conselho Indígena do Sul (Conisur), Gumercindo Pradel, se vangloriou pela chegada à marcha de mais participantes das comunidades que representa e ressaltou a legalidade da caminhada.

 

“Isto legitima mais a marcha, realizada só pelos verdadeiros donos do Tipnis”, sustentou Pradel, que recordou que não se permitirá a inclusão de pessoas alheias às comunidades indígenas.

 

Pradel opõe-se à admissão de políticos “camuflados”, os quais poderiam “politizar a mobilização”.

 

“Não queremos que esta marcha seja mal vista, porque é originalmente de povos indígenas e a nenhuma outra pessoa deixaremos integrar esta marcha. Se querem podem dar apoio, mas nada mais”, manifestou Pradel.

 

No momento, reivindicou melhor assistência médica, sobretudo porque a altitude começa a fazer efeito e aparecem as náuseas, os enjoos e problemas estomacais.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=172101&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br