24/09/2010 12:00 am

INCÊNDIO PROVOCADO PELA VALE AMEAÇA ACAMPAMENTO DE SEM TERRA NO MARANHÃO

INCÊNDIO PROVOCADO PELA VALE AMEAÇA ACAMPAMENTO DE SEM TERRA NO MARANHÃO

Por: Reynaldo Costa
Da Página do MST

Cerca de 150 famílias do Acampamento João do Vale, situado na Fazenda Conquista, no município de Açailândia (MA), denunciam que seus barracos estão ameaçados por incêndio provocado por faíscas expelidas durante a manutenção dos trilhos da Ferrovia Carajás, administrada pela mineradora Vale.

As famílias Sem Terra relatam que o fogo iniciou nas proximidades da ferrovia e foi se espalhando, atingindo agora a área da fazenda ocupada e causando enormes prejuízos e pondo em risco a vida dos trabalhadores.

O incêndio, iniciado por volta do dia 16 de setembro, já consumiu 220 hectares, incluindo matas nativas, florestas emergentes e toda a biodiversidade, já que essa é uma região que fazer parte da Amazônia.

A comunidade encaminhou denúncia ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ao Instituto Chico Mendes, mas até o momento nenhuma providencia foi tomada.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrário (INCRA) foi informado e se comprometeu em fazer denúncia oficial aos órgãos competentes, já que a área em chamas pertence a União.

“É muito importante ressaltar que todas as acusações de incêndio sempre responsabilizam os trabalhadores rurais como culpados. Exigimos das autoridades que tomem providência e punam os responsáveis do incêndio”, cobra Maria Divina, da coordenação do MST

Segundo ela, as famílias do acampamento e de outras comunidades rurais próximas vivem momentos de aflição e insegurança por seu lar e suas vidas ameaçadas e por assistirem a natureza sendo destruída.

Os trilhos da Estrada de Ferro Carajás, que liga Parauapebas, no Pará, São Luís, no Maranhão, percorre cerca de 800 quilômetros por terras maranhenses.

Nesse trecho, o que se vê de um lado e de outro da ferrovia, quando não são povoados muitos pobres, é uma imensidão de terras devastadas, varridas em consequência do projeto de mineração da região.

Abaixo, veja mais fotos, que foram tiradas pelor Regilma Santana, acampada na região.

FONTE: http://www.mst.org.br/Incendio-provocado-pela-Vale-ameaca-acampamento-de-Sem-Terra-no-Maranhao

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br