9/02/2011 12:00 am

IMESC DIVULGA VALOR DA CESTA BÁSICA EM SÃO LUÍS

IMESC DIVULGA VALOR DA CESTA BÁSICA EM SÃO LUÍS

O preço da cesta básica em São Luís, no mês de janeiro, apresentou a mesma tendência de acréscimo registrada em 14 das 17 capitais brasileiras em que o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realiza a pesquisa.

De acordo com dados do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplan), o valor da cesta deste mês foi de R$ 188,89 – valor superior em R$ 2,62 em relação ao mês de dezembro de 2010.

Segundo o presidente do Imesc, Fernando Barreto, dos 12 produtos que compõem a cesta, seis sofreram acréscimos em seus preços médios, o tomate (30,5%), óleo (5,9%), leite (3,8%), açúcar (2,7%), arroz (1,7%) e banana (1,6%). “Três produtos apresentaram redução. O café, com -24,3%; o feijão, com -9,5% e a carne com -5,8%”, contabilizou.  

Para adquirir os produtos que compõem a cesta, o trabalhador que ganha até um salário mínimo comprometeu 37,0% de sua renda e tomando por base uma jornada de trabalho de 220 horas mensal, ele necessitou trabalhar 81 horas e 29 minutos para obter esses produtos. Portanto, afirmou o presidente do Imesc, “sobram apenas 63,0% do seu salário para outras despesas como habitação, vestuário, transporte e lazer”. 

Comparativo

Foi detectado também acréscimo no preço da cesta básica em Brasília (9,41%), Fortaleza (5,25%), Rio de Janeiro (3,94%), Aracaju (3,91%), Salvador (3,86%), Florianópolis (3,54%), Vitória (3,41%), Belo Horizonte (3,34%), João Pessoa (3,07%), Goiânia (2,98%), Natal (2,17%), Manaus (1,48%), Belém (1,09%) e Porto Alegre (1,01%). As capitais Curitiba, São Paulo e Recife sofreram redução de -2,79%, -1,47% e -0,32%, respectivamente.    

Os valores registrados foram de São Paulo (R$ 265,25), Manaus (R$ 255,80), Brasília (R$ 255,65), Porto Alegre (R$ 254,70), Rio de Janeiro (R$ 252,24), Vitória (R$ 250,26), Florianópolis (R$ 246,58), Belo Horizonte (R$ 244,12), Goiânia (R$ 241,59), Curitiba (R$ 237,17), Belém (R$ 288,55), Natal (R$ 200,21) e Aracaju (R$ 182,76).

 

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=14165

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br