24/11/2010 12:00 am

HEMOMAR TRABALHA COM METADE DA CAPACIDADE

HEMOMAR TRABALHA COM METADE DA CAPACIDADE

SÃO LUÍS – A Supervisão de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar) está trabalhando com metade da sua capacidade ideal. O deficit é agravado porque 70% dos doadores fazem coleta direcionada – quando se escolhe para quem vai doar o sangue – e o restante mantém a doação normal. Com apenas 30% da arrecadação que é distribuída para todo o Estado, a Hemomar está intensificando campanha para suprir a necessidade de aumento de doadores. Como parte da mobilização, hoje a Unidade Móvel de Coleta de Sangue estará em frente à Biblioteca Benedito Leite.

Diariamente 140 bolsas de sangue são coletadas no centro e semanalmente cerca de 3.500. A demanda, porém, exige que seja colhido o dobro. “Estamos trabalhando no limite. Todo sangue que entra na Hemomar sai rapidamente. Nada fica em estoque. Só estamos atendendo urgências. A doação programada é insuficiente para toda a demanda”, disse Maria do Socorro Ferreira, coordenadora do setor de captação de doadores da Hemomar.

Além da dificuldade de conseguir doadores, os que se habilitam direcionam a doação para parentes, amigos e conhecidos. Apenas 30% do número de doações são feitas sem indicação específica. “A maioria das pessoas só doa porque alguém conhecido precisa, cerca de 70%. Quem vai simplesmente doar é mais difícil, é apenas 30%”, explicou Maria do Socorro Ferreira.

Outro problema é que os doadores não mantêm o hábito de ir à Hemomar fazer a coleta. Segundo dados da supervisão de hematologia, apenas 45% retornam. Nas doações, 85% dos casos são de grupo positivo, ficando escassos alguns tipos sanguíneos. “As pessoas doam uma vez e não doam mais. Se tivéssemos um número de doadores fixos, não estaríamos na situação tão preocupante. Tem tipo sanguíneo que é ainda mais difícil conseguir”, contou Maria do Socorro Ferreira.

A coordenadora do setor de captação de doadores da Hemomar considerou ainda que o motivo do baixo rendimento do centro é a falta de conscientização da população. “Tem de haver um trabalho educativo permanente para que as pessoas entendam a importância de doar sangue constantemente”, afirmou.

Campanha

Com núcleos em São Luís, Imperatriz, Pinheiros, Pedreiras, Santa Inês e Balsas, a Hemomar lançou desde segunda-feira, dia 22, a campanha “Para salvar vidas… não há desculpas. Doe sangue”. A mobilização marca as comemorações alusivas à Semana Nacional da Doação Voluntária de Sangue e se estenderá até sábado, dia 27.

Até hoje, a Unidade Móvel de Coleta de Sangue estará em frente à Biblioteca Benedito Leite, na Praça Deodoro, das 9h às 17h. Na sexta-feira, 26, as doações serão feitas na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga. No sábado, a unidade se instalará no Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na Cidade Operária. Anteriormente, as doações foram feitas nos municípios de Miranda do Norte, Buriticupu e Huberto de Campos.

Fonte : iMirante

FONTE: http://www.tribunadomaranhao.com.br/noticia/hemomar-trabalha-com-metade-da-capacidade-8191.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br