6/09/2012 12:00 am

Grito dos excluídos realiza programação social e cultural nos 400 anos de SL

Grito dos excluídos realiza programação social e cultural nos 400 anos de SL

Johnny Ribeiro

O movimento grito dos (as) excluídos (as), realiza a partir de amanhã (07) uma marcha de mobilização social. Os militantes se reunirão no Largo de São Pedro, seguindo com marcha pela Avenida Vitorino Freire, local do tradicional desfile de 7 de setembro, visando a busca por cidadania para a população da capital de São Luís e chamar a atenção dos políticos presentes sobre as condições de exclusão social na cidade.

A intenção do movimento é mostrar para os cidadãos a contrariedade do modelo político desenvolvido na sociedade que ao mesmo tempo concentra riqueza e renda, mas com uma grande exclusão social.

O movimento, que surgiu através das mobilizações da igreja católica nos anos 90, é uma mobilização nacional que escolhe o dia 7 de setembro por conta das comemorações da Independência do Brasil.

O tema escolhido nacionalmente “Queremos um Estado a serviço da Nação que garanta direitos a toda a população”, teve a contextualização para “São Luís sem exclusão, queremos outros quatrocentos anos!”. Mostrando a população todo o descaso em que a cidade se encontra.

Um dos militantes do movimento, o sociólogo Bruno Rogens afirma que o movimento é oportuno não apenas para o dia da independência, mas também para as comemorações dos 400 anos de São Luís devido toda a mobilização que deve acontecer nos próximos dias. “Foi oportuno, pelas comemorações da cidade para mostrar que o modelo apresentado pelos gestores não visa a inclusão e nós queremos nos mostrar contrários a esse modelo”.

FESTIVAL CULTURAL OUTROS 400

O movimento social ainda tem programação nos dias 08 e 09 de setembro, que fazem parte do “Festival Cultural outros 400”, que acontece no bairro do Vinhais Velho. A programação cultural visa chamar atenção para degradação que tem ocorrido no local devido as constantes obras de urbanização, sendo que a área é de preservação ambiental e cultural, já que, os relatos mostram que aquela área teria sido o primeiro povoado da capital ludovicense.

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL CULTURAL OUTROS 400

PROGRAMAÇÂO:

*Pista Livre de Street Skate e Street Bike o dia todo nos dois dias e grafitagem ao vivo!

*Discotecagem da Carcará Sound System entre uma banda e outra!

* Trilha Ecológica

* Mutirão de Limpeza do Sítio do Seu Olegário

* Acampamento do Ocupa São Luís

 

08/09 – SÁBADO

08h00-09h00 Grupo de Discussão: Vinhais Velho: Aspectos históricos, culturais ambientais e a problemática da Via Expressa. (Coordenação: Ocupa São Luís)

09h00 – 10h00 – Teatro Infantil: Peça “As menininhas” do grupo Tramando Teatro

10h00 – 11h00 Grupo de Discussão: Direito à cidade. (Coordenação PAJUP – Programa de Assessoria Jurídica Universitária Popular da UNDB)

11h00-12h00 Grupo de Discussão: Políticas sobre Drogas. (Coordenação: Ocupa São Luís)

12h00 – 14h00 Intervalo Almoço

14h00 Palco Livre Salve Vinhais Velho Estrutura de Rua – Rap

15h00 Hevelys Sandes – Rock

16h00 Histeriah – Rock

17h00 Roda Aberta com diversos grupos de Capoeira

18h00 Roda Aberta com diversos grupos de Capoeira

19h00 Banda DLMC – Rap

20h00 Banda Megazines – Rock/Alternativo

21h00 Banda Corppus S.A – Rock/Rap

22h00 Rosa Reis – Música Maranhense

 

09/09 DOMINGO

07h30 Grupo de Discussão: Ativismo Verde

08h00 Mutirão de Limpeza do Sítio do Seu Olegário + Trilha Ecológica (Coordenação: Ocupa São Luís)

10h00 Grupo de Discussão: Diversidade Sexual (Coordenação: Ocupa São Luís)

10h30 Exposição da Fotorreportagem: “Centro Histórico de São Luís em Recorte Fotojornalístico: Fotorreportagem do Patrimônio Cultural Material Arquitetônico” da jornalista Sáride Maíta.

11h00 Plenária do Festival

 

Cultural Outros 400

 

12h00 Intervalo Almoço

14h00 Palco Livre Salve Vinhais Velho Fabiana Rasta – Reggae

15h00 Heriverton Nunes – Samba

16h00 Tássia Campos – Música Brasileira Contemporânea

17h00 Apresentação Tetral: Peça “Espelho de Vênus” grupo NAFEN

18h00 Apresentação: Cacuriá

19h00 Apresentação: Tambor de Crioula

20h00 Quilombo Urbano – Rap

21h00 Beto Nhogue e os Canelas Pretas – Rock/Regional/Eletrônico

22h00 Teixeira – Música Maranhense

http://www.oimparcial.com.br/app/noticia/urbano/2012/09/06/interna_urbano,122274/grito-dos-excluidos-realiza-programacao-social-e-cultural-nos-400-anos-de-sl.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br