5/11/2010 12:00 am

GOVERNO PRIORIZARÁ APROVAÇÃO DO PRÉ-SAL E DO ORÇAMENTO

GOVERNO PRIORIZARÁ APROVAÇÃO DO PRÉ-SAL E DO ORÇAMENTO

É prioritário para o governo federal aprovar, ainda este ano, o marco regulatório do pré-sal e o orçamento da União no Congresso Nacional, afirmou o ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Alexandre Padilha, em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (4/11) após reunião ministerial, em Brasília (DF).

O Ministro disse que esses dois temas serão amplamente discutidos junto à base governista no Congresso para que as votações sejam concluídas ainda no governo Lula.

Ao destacar as principais pautas da reunião, Padilha disse que o presidente deu orientação clara para que o processo de transição entre os governos seja feito de forma transparente e facilitada e que no mês de dezembro, sob coordenação da Casa Civil, todos os ministérios apresentarão um balanço dos oitos anos, registrado em cartório, para facilitar a transição e prestar contas à população.

O presidente Lula quer e vai entregar à presidente eleita, Dilma Rousseff, um país ajustado, um país que vai continuar crescendo… Ele quer um modelo de transição republicano e transparente.

Em relação a medidas importantes que devem ser apresentadas ao Congresso Nacional, como o marco regulatório da mineração, por exemplo, Alexandre Padilha afirmou que tais medidas serão objetos de discussão entre o atual governo e a coordenação da comissão de transição para que se decida se os textos serão encaminhados ao Congresso ainda este ano ou se ficarão a cargo do próximo governo.

Sobre a pauta econômica, foram discutidos temas como a guerra cambial, que será fortemente criticada pelo Brasil na reunião do G-20, que ocorrerá na próxima semana na Coreia do Sul, e o fato de a economia brasileira manter o ritmo de crescimento, que neste ano deve ficar entre 7,5% e 8% – o melhor ano dos dois mandatos do presidente Lula e dos últimos 25 anos.

Rede nacional

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará um pronunciamento amanhã, em rede nacional, para falar sobre o resultado das eleições. 

O governo já está comunicando as emissoras de televisão para que reservem o horário das 20h para transmitir as palavras dopresidente.

Lula festejará o comparecimento pacífico dos eleitores às urnas e a consolidação da democracia brasileira. 

O tom não será de despedida completa pois o presidente pretende falar outras vezes antes de se despedir do cargo. 

Com informações do Blog do Planalto e agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=140837&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br