20/01/2011 12:00 am

GOVERNO DILMA REABRE DIÁLOGO COM AS CENTRAIS SOBRE NOVO MÍNIMO

GOVERNO DILMA REABRE DIÁLOGO COM AS CENTRAIS SOBRE NOVO MÍNIMO

O governo Dilma Rousseff decidiu reabrir o diálogo com as centrais sindicais para discutir o aumento do salário mínimo e outros temas. O primeiro encontro será na quarta-feira, dia 26, no Palácio do Planalto, e o interlocutor do governo escalado foi o secretário-geral da Presidência, ministro Gilberto Carvalho.

Não é intenção do governo ceder às pressões por um mínimo de R$ 580, mas o gesto, aplaudido pelas centrais, significa que pode haver espaço para negociação. A presidente deseja estabelecer uma relação amistosa com os movimentos sindicais.

Participam da conversa representantes de seis centrais sindicais. Além do reajuste do mínimo, os sindicalistas querem tratar de um aumento maior para os aposentados que ganham acima do mínimo e a correção da tabela do Imposto de Renda.

A conversa foi marcada ontem, depois que auxiliares diretos de Gilberto Carvalho ligaram para dirigentes das centrais sindicais oferecendo duas datas para o encontro — o ministro está de férias e retorna semana que vem. Na semana passada, as centrais protocolaram no Planalto uma carta em que pediam a abertura das negociações.

O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), que semana passada fez críticas severas ao governo Dilma, comemorou ontem:

“O ministro Gilberto Carvalho ligou para as centrais abrindo a negociação. Se Gilberto ligou às centrais, é uma boa notícia”.

O governo anunciou na semana passada que o valor do mínimo será de R$ 545. AS centrais pressionam por R$ 580, além de 10% de reajuste para os aposentados que ganham acima do salário mínimo e correção de 6,47% na tabela do Imposto de Renda. 

Diante da perspectiva de negociação, Paulinho acredita que há espaço para um piso salarial maior que R$ 545. 

Fonte: O Globo

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=145806&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br