25/01/2011 12:00 am

GOVERNO CRIA COMITÊ E LANÇA PLANEJAMENTO DE PREVENÇÃO DE ENCHENTES

GOVERNO CRIA COMITÊ E LANÇA PLANEJAMENTO DE PREVENÇÃO DE ENCHENTES

Secretários, prefeitos, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil se reuniram, nesta sexta-feira (21), no Palácio Henrique de La Rocque, para apresentar e discutir estratégias do Plano Emergencial das Enchentes.

Para o secretário-chefe da Casa Civil, Luis Fernando, que presidiu o encontro, o objetivo é fortalecer ações de prevenção para chuvas por meio da união das esferas estadual e municipal. “É uma determinação da governadora Roseana Sarney mobilizar todas as forças e estruturas institucionais existentes no estado para que a gente possa planejar ações e, assim, tentar diminuir os efeitos dramáticos das enchentes que assolam o Maranhão todos os anos”, explicou.

Na ocasião, foi anunciado ainda o decreto nº 27.241/11 instituído pelo Governo de Estado, que estabelece a criação do Comitê de Prevenção e Assistência às Populações Vítimas das Chuvas (CPAV), coordenado pela Secretaria da Casa Civil.

A exemplo de 2009, onde os municípios de Imperatriz, Bacabal, Trizidela do Vale e Pedreiras sofreram as consequências do período chuvoso, o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, adiantou que o problema será contornado. “O Estado está criando um núcleo de coordenação para se antecipar aos problemas que venham ocorrer em função das chuvas. Em 2009, não havia ainda um plano de contingência, para isso, justamente para corrigir as falhas é que estamos montando esse comitê”, ressaltou.

Para o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, a execução do Plano Emergencial é essencial. “Nós temos uma área de risco que fica à margem do Rio Tocantins e todo ano cerca de 400 famílias têm que ser deslocadas. O Plano é uma ação pertinente e adequada. Temos que tratar de prevenção a cada momento para agirmos na hora certa”, afirmou.

Situação de alerta

Na quinta-feira (20), o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA) entrou em situação de alerta pelos próximos 60 dias. Os militares, oficiais e praças ficarão de prontidão caso o período chuvoso afete a população ribeirinha em municípios que mais sofreram com as cheias em 2009.

“É necessário que estejamos em alerta para que, qualquer problema, sejamos rapidamente deslocados para os municípios”, frisou, comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA), coronel Marcos Sousa Paiva.

 

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=13896

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br