27/10/2010 12:00 am

FILA NA BAÍA DE SÃO MARCOS CHEGA A 33 NAVIOS MERCANTES

FILA NA BAÍA DE SÃO MARCOS CHEGA A 33 NAVIOS MERCANTES

Este ano, o maior número de navios fundeados na baía foi registrado em abril, com 40 embarcações. 

O Estado

SÃO LUÍS – A fila de navios mercantes na Baía de São Marcos chegou, ontem, a 33 embarcações. Nas últimas semanas, a média de embarcações fundeadas foi de 22 navios/dia, com picos de até 25 navios/dia. Já o Complexo Portuário de São Luís (CPSL) atingiu a marca de 113 navios atendidos, sendo 48 no Terminal Portuário Ponta da Madeira (TPPM/Vale), 43 no Porto do Itaqui e 22 no Porto da Alumar. No dia 11 deste mês, a fila de navios na baía chegou a 29 embarcações.

 

Este ano, o maior número de navios fundeados na baía foi registrado no mês de abril, mais precisamente no dia 15, com 40 embarcações. Outra grande quantidade de navios na baía foi atingida no dia 22, com um total de 44 embarcações, sendo 35 navios no canal marítimo e nove nos atracadouros da região. A média mensal de abril ficou em 35 navios/dia, que decresceu nos meses seguintes para 22 navios/dia.

 

Os dados são do sítio eletrônico da empresa de praticagem Pratimar, que monitora diariamente o fluxo de navios mercantes na Baía de São Marcos; e da página da internet Marine Traffic, que disponibiliza o posicionamento das embarcações por sistema de localização global (Automatic Identification System (AIS), da sigla em inglês).

 

Fila

 

Dos navios na Baía de São Marcos, segundo os dados da Pratimar, o Ore Guaíba, de bandeira da Libéria, está fundeado há mais tempo. A embarcação chegou à baía no dia 15 de abril, isto é, aguarda uma vaga no sistema portuário há sete meses.

 

O restante das embarcações estão com data de chegada ao litoral maranhense neste mês, sendo o Delia o que apresenta maior tempo de espera, fundeado desde o dia 13. Os mais recentes fundearam ontem (26). Neste caso, o Florence D, de bandeira das Ilhas Marshall; e o Norsul Camocim, de bandeira brasileira.

 

Atendimento

 

O CPSL possui 11 atracadouros. Até o fim da tarde de ontem, estavam em atendimento no Porto do Itaqui cinco navios: BBC Ukraine, ID Harmony, Federal Nakagawa, Challenge Passage e Leader. No TPPM estavam quatro graneleiros: Xin Xiang Na, MG Shipping, Cape Dover e Castillo San Jorge. No Porto da Alumar estavam em operação o Castillo de Guadalupe e o Tosca.

 

No sistema portuário, ontem, havia também 10 embarcações offshore, isto é, barcos de apoio a operações marítimas, como os rebocadores American Challenger, Locar VII e C. Vendaval; os barcos Smit Charruá, Smit Crao e Smit Canindé, além da draga Leblon e as balsas Locas, Superpesa II e Willi I.

 

Este mês, até ontem, o Porto do Itaqui recebeu 43 navios, sendo nove no beco 101, cinco no berço 102, sete no berço 103, 13 no berço 104 e nove no berço 106. Em Ponta da Madeira, foram 48 navios, sendo 12 no Píer I, seis no Píer II, 13 no Píer III/Norte e 17 no Píer III/Sul. O Porto da Alumar atendeu 11 navios em cada um dos dois atracadouros.

FONTE: http://imirante.globo.com/noticias/2010/10/27/pagina257638.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br