4/02/2011 12:00 am

ÊXODO RURAL GERA POBREZA – ANGOLA

ÊXODO RURAL GERA POBREZA – ANGOLA

 

O vice-governador provincial para o Sector Económico, David Barbosa, afirmou na quarta-feira, na cidade do Huambo, que o programa municipal de desenvolvimento rural e combate à pobreza permitirá mobilizar financiamento para a melhoria de vida da população.
David Barbosa fez esta afirmação quando dissertava sobre o tema “Combate à pobreza, um compromisso do Executivo angolano”, no seminário provincial sobre a implementação dos programas municipais integrados de desenvolvimento rural e combate à pobreza.
Segundo o vice-governador, com o programa municipal de desenvolvimento rural e combate à pobreza pretende-se, em termos estratégicos, estimular a mais ampla e diversificada participação dos intervenientes a todos os níveis.
Sublinhou também que este programa vai promover a coordenação e articulação global de todas as iniciativas ligadas à pobreza e qualidade de vida, assim como facilitará o diálogo e a concertação social.
Como principais causas da insegurança alimentar no país, apontou a degradação de infra-estruturas socioeconómicas, a falta de oferta de bens alimentares essenciais, serviços e o êxodo populacional das áreas rurais para as capitais provinciais. O baixo índice de produção agro-pecuária devido à insuficiência de inputes agrícolas, falta de recursos humanos, ausência de investimentos financeiros, escassez de recursos hídricos, condições climáticas diversas, foram também referidos como aspectos que agravam a resolução do problema.
Na sua visão, os programas municipais integrados de desenvolvimento rural e combate à pobreza devem integrar uma visão ampla do município, no sentido de projectar todas as acções das necessidades do desenvolvimento sustentável, independentemente das fontes de financiamento ou parcerias a serem formadas.
David Barbosa acrescentou que, a nível dos municípios, as unidades técnicas municipais serão responsáveis pela organização dos planos de execução, formação e ligações institucionais com os parceiros sociais de cada municipalidade. “Esta unidade será assistida tecnicamente por um perito provincial e municipal”, concluiu.
O vice-governador do Huambo acrescentou que o combate à fome e à pobreza constitui um dos grandes desafios do Governo e acredita que a situação vai conhecer melhorias significativas nos próximos tempos. Apelou à população a colaborar com o Governo.

 

FONTE: http://jornaldeangola.sapo.ao/20/0/exodo_rural_gera_pobreza

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br