16/02/2012 12:00 am

Ex-governistas gregos negam apoio a medidas de austeridade

Ex-governistas gregos negam apoio a medidas de austeridade

DA REUTERS, EM ATENAS

O partido grego Laos (direita) não vai se comprometer em apoiar o pacote de medidas de austeridade, uma das condições para que o país tenha acesso ao resgate financeiro acertado com os organismos internacionais da UE e do FMI.

Mais cedo, uma fonte da coalizão governista alemã contou à agência Reuters de que os países da zona do euro querem que o Lasso confirme que vai apoiar as medidas de austeridade depois das eleições em abril.

Sondagens de intenção de voto mostram que os conservadores do partido “Nova Democracia” (que apoia o governo) devem ganhar essas eleições, porém sem garantir a maioria parlamentar.

“De forma nenhuma”, respondeu Alexandros Chrysanthakopoulos, líder do Laos no Legislativo, questionado se a legenda assumiria tal compromisso.

“Isso não cabe a nós, nós não estamos no governo”, acrescentou.

O Laos se retirou do gabinete do primeiro-ministro Lucas Papademos em protesto ao pacote que prevê cortes nos gastos sociais e reformas trabalhistas.

Outro representante do Laos disse que não foi informado de que representantes do Eurogrupo (que reúne os ministros das
Finanças da zona do euro) exigiram da legenda o mesmo compromisso cobrado dos partidos que fazem parte da base aliada de Papademos.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1049658-ex-governistas-gregos-negam-apoio-a-medidas-de-austeridade.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br