20/08/2012 12:00 am

Estudantes chilenos convocam novas marchas por educação

Estudantes chilenos convocam novas marchas por educação

 

A Coordenadora Nacional dos Estudantes Secundários do Chile convocou marchas para a próxima quinta-feira (23) no contexto de uma nova jornada nacional de protestos contra o modelo educacional do país.

Os estudantes do ensino médio propõe a criação de um sistema nacional articulado de ensino público e gratuito, demanda que também é apoiada pelas federações universitárias.

Enquanto continuam na capital do país as tomas e desocupações dos colégios, uma clara demonstração da radicalização do movimento estudantil no Chile que desaprova o modelo privatizador de educação imposto durante a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

 

Nesta segunda-feira (20) os estudantes voltaram a ocupar o Instituto Nacional, que tinha sido desocupado na última sexta-feira (17), pelas Forças Especiais de Carabineros (polícia).

 

A Rádio Bío-Bío informou que a polícia explodiu o colégio Confederação Suiça para expulsar aos jovens que mantinham a ocupação. A operação deixou vários presos. Paralelamente cresce o rechaço aos ataques policiais nas escolas.

 

O Colégio de Professores, a Confederação dos Estudantes do Chile e autoridades locais condenaram a presença das Forças Especiais nas escolas.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=191676&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br