5/07/2012 12:00 am

Estudantes aguardam medidas de Mercadante para Educação

Estudantes aguardam medidas de Mercadante para Educação

 

Estudantes de todo país abriram contagem regressiva desde que se reuniram, na terça-feira (26),  com ministro Aloizio Mercadante, que se comprometeu a apresentar, em 15 dias, medidas concretas para as reivindicações dos manifestantes que realizaram uma marcha nas ruas de Brasília, horas antes de ir ao gabinete de Mercadante. O prazo se esgotará na quarta (11).

 

 

Cerca de 70 estudantes, representantes de 44 universidades, compunham a delegação recebida pelo ministro, que pela primeira vez recebeu os estudantes nesse contexto.

 

Durante a reunião, foi entregue à Mercadante uma carta extensa com e reivindicações de cada uma das instituição. O ministro recebeu o documento e se comprometeu com as seguintes medidas: ampliação do orçamento do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAE) para 2013; criação de linha de crédito específica para a construção de moradias e restaurantes universitários; convocação urgente de concurso público para a contratação de professores e técnico-administrativos para as universidades federais; criação de uma comissão de diagnóstico da infraestrutura das Instituições Federais com a participação dos estudantes em nível local e nacional; além da conclusão das obras do plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

 

Mobilização continua

 

Mas a mobilização continua. Na quarta-feira (5), diversos protestos e atos ocorreram em defesa da greve das universidades privadas. Durante todo o dia de ontem, 10 cidades do Paraná realizaram protestos. Na sexta-feira (6), uma paralisação está sendo organizada para Santa Catarina.

 

“Os estudantes brasileiros estão preparados para cobrar esses compromissos do ministro, mobilizações têm acontecido por todo opaís e em 6 dias estaremos novamente nas ruas e em todas as universidades federais pressionando o governo por respostas concretas”, afirmou o presidenteda UNE, Daniel Iliescu.

 

Fonte: UNE

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=187735&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br