30/06/2010 12:00 am

ESPANHA: METROVIÁRIOS EM GREVE CONTRA CORTE DE SALÁRIOS

ESPANHA: METROVIÁRIOS EM GREVE CONTRA CORTE DE SALÁRIOS
O metrô da cidade de Madri, capital espanhola e que recebe mais de dois milhões de pessoas todos os dias, está paralisado desde as 0h de terça-feira (26) por causa de uma greve dos metroviários responsáveis pelo funcionamento do serviço.

A greve foi convocada pelos sindicatos em protesto contra a redução de cerca de 5% nos salários dos empregados do Metrô e demais serviços públicos.

A greve dos metroviários – a primeira desde o ano de 1991 – fez com que os turistas e moradores lotassem os pontos de ônibus e as ruas da cidade. Ainda não há prazo para o término da greve na capital espanhola.

As centrais sindicais realizarão também uma greve geral de 24 horas, estabelecida para o dia 29 de setembro, contra as medidas anti-trabalhistas que o governo social-democrata espanhol tenta impôr aos trabalhadores espanhóis, colocando sobre suas costas os custos do déficit público do país

Os funcionários do metrô decidiram prolongar a greve nas 12 linhas da capital espanhola, incluindo a que vai até o aeroporto de Barajas, em Madri, na quinta-feira e na sexta-feira.

Nesses dias, porém, será mantido o índice de 50% de funcionamento dos serviços, como estabelecido pelas leis locais. No sábado haverá nova assembleia dos funcionários, que pode resultar em greve geral.

Da redação, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=9&id_noticia=132458

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br