27/09/2012 12:00 am

Espanha e Grécia tiveram manifestações contra severos cortes, Brasil também rejeita política econômi

Espanha e Grécia tiveram manifestações contra severos cortes, Brasil também rejeita política econômica

 

Os jornais de hoje noticiam as grandes manifestações ocorridas na Espanha e na Grécia, contra severos cortes de gastos na previdência, salários dos servidores públicos e outros programas sociais. Tais cortes servem para permitir o pagamento de questionáveis dívidas, feitas para o salvamento de bancos falidos. Na Espanha, os manifestantes cercaram o Congresso, exigindo a rejeição do pacote, onde 64 pessoas ficaram feridas e 35 foram presas.  Na Grécia, onde os trabalhadores fazem uma greve-geral, 70 mil pessoas foram em passeata ao Parlamento, e também ocorreram violentos confrontos com a polícia.

 

A Coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, se encontra na Espanha, participando de eventos com os grupos de Auditoria Cidadã da Dívida europeus.

 

 

No Brasil, população também rejeita a política econômica

 

Os jornais de hoje no Brasil comentam sobre a Pesquisa CNI-IBOPE, segundo a qual 62% da população aprovam o governo Dilma. Sobre este tema, cabe comentarmos que tal percentual é bem menor em todos os quesitos da política econômica, também avaliados na pesquisa.

 

No que se refere à política de juros, ela é aprovada por apenas 49% da população, enquanto a política de combate à inflação é aprovada por apenas 50%. A política de impostos é aprovada por apenas 38%, enquanto áreas sociais fundamentais – cujos recursos são limitados pela política de “superávit primário” – também são rejeitadas. A Política de Saúde é aprovada por apenas 33% da população, percentual este que é de 40% no caso da Segurança Pública, e de 47% na Educação.

 

Tais dados mostram que grande parte da população possui uma postura bastante crítica quanto à política econômica, identificando claramente as altas taxas de juros, e uma alta carga de tributos que não retorna para a população na forma de serviços públicos de qualidade.

 

Com informações da Auditoria Cidadã

http://cspconlutas.org.br/2012/09/espanha-e-grecia-povos-x-divida/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br