26/10/2012 12:00 am

Espanha beira os seis milhões de desempregados

Espanha beira os seis milhões de desempregados

 

A Espanha terminou o terceiro trimestre de 2012 com quase seis milhões de desempregados, o que corresponde a 25,02 por cento de sua população economicamente ativa, informou nesta sexta-feira (26) o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

 

A taxa de desemprego superou em setembro o nível de 25 por cento e marcou assim um novo teto histórico desde o início da série em 1976, precisou a Pesquisa de População Ativa divulgada pelo INE.

 

No período de julho a setembro, o número de desempregados aumentou em 85 mil pessoas em relação ao trimestre anterior (abril a junho), ou 1,5 por cento a mais.

 

Em relação ao mesmo período de 2011, a cifra total de desempregados cresceu em 799.700.

 

Segundo a Pesquisa de População Ativa, uma ferramenta que reflete com maior fidelidade a evolução do mercado de trabalho espanhol do que o estudo realizado pelo Ministério do Emprego, a ocupação baixou em 96.900 pessoas no terceiro trimestre.

 

Dos quase 97 mil empregos destruídos entre julho e setembro, 49.400 pertenciam ao setor público e 47.600 ao privado, o que reflete o corte de pessoal que estão fazendo as administrações públicas para baixar os custos e reduzir o déficit.

 

Por sua parte, o número de lares com todos os seus membros ativos desempregados, outro indicador para medir o drama deste flagelo, cresceu em quase 313 mil.

 

Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=197324&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br