24/03/2011 12:00 am

EQUIPES DA SEMUS VISITAM CASAS NA CIDADE OLÍMPICA DURANTE AÇÃO CONTRA A TUBERCULOSE

Enfermeiras e agentes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) visitaram moradores da Cidade Olímpica em busca de pacientes com suspeita da doença. As visitas integram a Ação de Mobilização Contra a Tuberculose, que o órgão vem realizando desde segunda-feira (14), em atenção ao Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose, que será celebrado nesta quinta-feira (24).

 

A equipe de profissionais de saúde visitou quatro pacientes que fazem tratamento contra a TB e estão sendo acompanhados e avaliados na Unidade de Saúde da Família Jailson Alves Lima (Cidade Olímpica III). Em seguida, o grupo esteve em casas próximas, orientando a população sobre formas de prevenção e contágio da TB. Os moradores identificados com possíveis sintomas tiveram consultas marcadas para esta quinta, na unidade de saúde da Cidade Olímpica.

 

A programação segue nesta quinta com a abertura oficial da campanha, às 8h30, no auditório do Conselho Regional de Medicina (Renascença II), quando será apresentado o cenário da tuberculose na região metropolitana de São Luís. A programação conta ainda com palestras e visitas domiciliares no bairro da Vila Palmeira e o lançamento de CD com toada de boi de zabumba sobre a tuberculose (com letra e voz de ex-paciente do Hospital Presidente Vargas).

 

Os números da doença no BrasilUma pesquisa quantitativa sobre opinião pública alerta para o fato de que, apesar da Tuberculose ser uma doença antiga, a falta de informação, o preconceito e a discriminação às pessoas com tuberculose são os principais desafios enfrentados para o seu controle. Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN-NET), são notificados anualmente na capital 600 casos novos de tuberculose (incidência de 56,8/100 mil habitantes).

 

O Projeto Fundo Global Tuberculose no Brasil abrange 57 municípios das regiões metropolitanas, áreas que concentram 45% dos casos de Tuberculose no Brasil. No Maranhão, a capital é a única beneficiada com esse projeto, devido ser a maior incidência do estado. Em atenção a essa realidade, a campanha foi articulada pelo Comitê Metropolitano de Tuberculose, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde e as OSC.

  

 

QUINTA

 

MANHÃ

– Abertura da Campanha no Auditório do Conselho Regional de Medicina;

– Apresentação do Cenário da Tuberculose da Região Metropolitana no CRM (Renascença II);

– Lançamento do CD com música (Toada de boi Zabumba) pertinente a temática tuberculose, com letra e voz de ex-paciente de Tuberculose do Hospital Presidente Vargas;

– Apresentação da Sala de Situação da Tuberculose no CRM;

– Palestra na Escola Rosália Freire no Itaqui- Bacanga;

– Consulta de Sintomáticos Respiratórios no Centro de Saúde Jailson Alves Viana (Cidade Olímpica) pelas enfermeiras Fides e Ana Paula;

– Divulgação do Spot “BRASIL LIVRE DA TUBERCULOSE” no ferry-boat , nas viagens do dia, do Terminal da Ponta da Espera;

– Mensagem sobre a Tuberculose durante as celebrações na Paróquia Nossa Senhora da Conceição;

– Visitas domiciliares no bairro da Vila Palmeira, pelos lideres da Pastoral da Criança;

 

SEXTA

 

MANHÃ

– Palestra e panfletagem pela enf. Flávia na Unidade Mista Itaqui-Bacanga;

– Palestra, distribuição de panfletos e fixação de cartazes na Empresa LIQUIGÁS;

– Mensagem de alerta sobre a Tuberculose durante as celebrações na Paróquia Nossa Senhora da Conceição;

– Divulgação do Spot “BRASIL LIVRE DA TUBERCULOSE” no ferry-boat , nas sete viagens do dia, do Terminal da Ponta da Espera;

 

TARDE

– Palestra e distribuição de material educativo na Vila Luizão, no Encontro de Celebração da Vida com líderes comunitários, mães e famílias às 16h;

– Visitas domiciliares no bairro da Vila Palmeira, pelos lideres da Pastoral da Criança;

 

HOSPITAL DE REFERÊNCIA ESTADUAL

“HOSPITAL PRESIDENTE VARGAS

14 a 31/03/2011

– Lançamento da Campanha “Fazendo Cof ! Cof! Para acabar com a Tuberculose”. Panfletagem para busca de SR (Sintomático Respiratório) nas áreas de residências dos integrantes do grupo que realizam TDO- Tratamento Diretamente Observado.

– Sala de espera Itinerante, roda de conversa no Presidente Vargas sobre o modo de transmissão e tratamento;

– Montagem do painel sobre ações do controle da tuberculose desenvolvidas pelo Hospital Presidente Vargas.

 

COMPLEXO PENITENCIÁRIO DE PEDRINHAS

28/03/2011 – 9h

– Palestra e distribuição de material educativo na Penitenciaria de Pedrinhas;

29/03/2011- 9h

– Palestra e distribuição de material educativo na Casa de Detenção;

30/03/2011 – 9h

– Palestra e distribuição de material educativo na Penitenciaria Feminina;

31 a 01/04/2011

– Panfletagem nas Casas de Detenção: – CCPJ ANIL, CCPJ, CDP, PENITENCIARIA SÃO LUIS, CA FEMININO, CA MASCULINO.

 

fonte: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=3122

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br