26/07/2012 12:00 am

Equador aprova indicação de Garzón para defender Assange

Equador aprova indicação de Garzón para defender Assange

 

O chanceler do Equador, Ricardo Patiño, aprovou a inclusão do juiz espanhol Baltazar Garzón na defesa do fundador do Wikileaks, Julian Assange, que pediu asilo político ao governo do país sul-americano.

 

O Wikileaks anunciou que Garzón assumirá a direção jurídica da equipe de advogados de Assange para impulsionar uma “nova e contundente estratégia” da defesa.

Em uma coletiva de imprensa com seu colega espanhol José Manuel García, Patiño afirmou que “Assange tem todo o direito de contratar e de buscar o apoio jurídico que possa necessitar para o processo de solicitação do asilo político que apresentou ao Equador”.

 

Assange e Garzón mantiveram uma reunião na embaixada equatoriana em Londres, onde o fundador do Wikileaks está asilado desde 19 de junho, à espera de uma resposta de Quito. A Chancelaria equatoriana reiterou que está analisando profundamente o pedido do australiano e que usará o tempo necessário para dar uma resposta “soberana”.

 

Fonte: Ansa

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=189447&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br