21/11/2012 12:00 am

Entidades expressam solidariedade internacional contra a política de demissões da GM

Entidades expressam solidariedade internacional contra a política de demissões da GM durante encontro que acontece em SJC

Dirigentes sindicais da Alemanha, Espanha, Colômbia e Argentina participaram nesta terça-feira, dia 20, de uma assembleia na General Motors, de São José dos Campos, em que defenderam uma luta global em defesa do emprego e dos direitos.

 

Os sindicalistas estão na cidade para participar de uma reunião internacional, organizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos e pela CSP-Conlutas, sobre a situação dos trabalhadores da montadora.

 

O vice-presidente da Comissão de Fábrica da Opel-GM, na Alemanha, Stefen Reichelt, e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Colômbia, Felix Herrera, subiram no caminhão de som do Sindicato e mostraram todo seu apoio aos trabalhadores.

 

Para Reichelt, os problemas vividos hoje pelos metalúrgicos da GM de São José dos Campos, que estão sob ameaça de demissão, não é apenas local e, por isso mesmo, as relações de apoio internacional têm de se solidificar. Ele ressaltou os planos da GM em fechar a fábrica da Opel, em Bochum, na Alemanha, que resultará no fechamento de 5 mil empregos diretos e 45 mil indiretos.

 

“Os ataques são globais, portanto a única maneira de lutar é nos mantendo unidos contra a multinacional”, afirmou o dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos da CGT, da Espanha, Luis Elena, que também participará do encontro desta quarta-feira, no Hotel Dan Inn, a partir das 9h.

 

Reunião Internacional – Desde segunda-feira, começaram a chegar dirigentes sindicais que participam da Reunião Internacional entre trabalhadores da GM.

 

Para o encontro, que está acontecendo nesta terça e quarta-feira, são esperados representantes dos trabalhadores da GM da Alemanha, Espanha, Colômbia, Argentina e Brasil.

 

No evento será discutida a situação na GM e o plano de reestruturação que vem sendo implementado pela empresa em todo o mundo, com demissões, fechamento de plantas e ataques aos direitos. A intenção é fortalecer a solidariedade internacional, em especial aos trabalhadores da montadora em São José dos Campos, e planejar ações conjuntas.

 

Além do encontro, os trabalhadores de outras fábricas visitaram fábricas metalúrgicas em São José dos Campos e participaram da assembleia na GM.

 

A atividade é organizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região e pela CSP-Conlutas.

 

Solidariedade – O Sindicato tem recebido de organizações internacionais cartas de solidariedade dirigidas aos trabalhadores da unidade de São José dos Campos.

 

De Rüsselsheim, na Alemanha, o Fórum Europeu de Empregados da GM (GM European Employee Forum) enviou uma carta condenando os planos da montadora em nosso país.

 

“O nosso Fórum desaprova fortemente o plano da GM de fechar uma planta no Brasil”, diz trecho da correspondência, originalmente escrita em inglês.

 

“O Fórum Europeu dos Empregados da GM está pedindo à administração da empresa para assumir a sua responsabilidade pelos trabalhadores brasileiros. Não há razão para tal política com mais e mais carros sendo vendidos no Brasil, com o governo do Brasil proporcionando benefícios fiscais à empresa e o fato de que a companhia importar veículos para o mercado brasileiro”, continua o texto.

 

A carta foi assinada por 24 dirigentes sindicais de sindicatos da Alemanha, Reino Unido, Espanha, Polônia, Austria, França, Hungria, Itália e Holanda.

 

Os trabalhadores da GM da Rússia também expressaram sua solidariedade aos brasileiros. O comitê sindical da GM no país (GM Auto Trade Union Committee) enviou carta apoiando a luta travada em São José dos Campos em defesa dos empregos.

 

“Entendemos que, se hoje vocês enfrentam esse problema, amanhã será a nossa vez. Somente a solidariedade pode nos ajudar a vencer”, diz uma parte do texto, enviado em russo e em inglês.

 

O Sindicato continua recebendo moções de solidariedade de organizações de outros países, que devem ser enviadas ao email secretaria@sindmetalsjc.org.br.

 

Clique nos links abaixo para baixar as cartas na íntegra.

Solidariedade dos Trabalhadores da GM na Europa

 

Solidariedade dos Trabalhadores da GM na Rússia

http://cspconlutas.org.br/2012/11/entidades-expressam-solidariedade-internacional-contra-a-politica-de-demissoes-da-gm-durante-encontro-que-acontece-em-sjc/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br