18/11/2011 12:00 am

Em Paulo Afonso, movimento sindical e movimentos sociais dão início à campanha pela renovação …

Em Paulo Afonso, movimento sindical e movimentos sociais dão início à campanha pela renovação das concessões no setor elétrico

Paulo Afonso, chamada carinhosamente por seus moradores de “a capital brasileira da energia”, sedia nesta sexta, dia 18, o dia de lançamento oficial da campanha “Todos Pela Energia – Privatização não é a Solução”, que tem por objetivo defender a renovação das atuais concessões no setor elétrico e a suspensão de futuros leilões de privatização.

As atividades tiveram início às 10h, no Centro Cultural Lindalva Cabral. A abertura foi feita pelo Coral Chesf, composto por trabalhadores da Companhia Hidrelétrica do São Francisco.

Em coletiva de imprensa que antecedeu a abertura do lançamento, o presidente da FNU-CUT (Federação Nacional dos Urbanitários), Franklin Moreira Gonçalves, o vice-presidente da Federação e dirigente do Sinergia-BA, Paulo de Tarso Guedes de Brito Costa, e o prefeito da cidade, Anilton Bastos, reafirmaram as razões pelas quais o movimento sindical e os movimentos sociais fazem campanha contra a ameaça de privatização de uma empresa como a Chesf.

Na platéia, aproximadamente 1 mil pessoas, a maioria integrantes do MST e do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), vindos de assentamentos da região, e também trabalhadores da companhia e dirigentes sindicais do setor urbanitário.

Paulo Afonso, cidade a 471 km da capital da Bahia, Salvador, foi escolhida como plataforma de lançamento nacional da campanha por seu caráter simbólico. Foi aqui que, nos anos 1940, a hidrelétrica de Paulo Afonso começou a ser construída. Trinta anos depois, por conta da usina, a localidade foi alçada à condição de município. Atualmente, praticamente toda a atividade econômica da cidade gira em torno da usina.

Após a cerimônia de lançamento, haverá panfletagem pelas ruas de Paulo Afonso. No início da tarde, os manifestantes vão visitar a usina da cidade. No final da tarde, um ato político na praça Lindalva Cabral, a principal do município, com show da banda local de forró Estaca Zero, deve atrair grande parte da população de 108 mil habitantes (censo de 2010).

http://www.cut.org.br/destaque-central/46609/em-paulo-afonso-movimento-sindical-e-movimentos-sociais-dao-inicio-a-campanha-pela-renovacao-das-concessoes-no-setor-eletrico

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br