17/04/2012 12:00 am

Egito rejeita dez candidatos presidenciais, incluindo três favoritos

Egito rejeita dez candidatos presidenciais, incluindo três favoritos

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Dez candidatos à Presidência do Egito tiveram suas candidaturas rejeitadas nesta terça-feira pela Justiça do país. Dentre eles, estão os três favoritos ao cargo: o ex-chefe do serviço secreto Omar Suleiman, o representante da Irmandade Muçulmana, Khairat al Shater, e o salafista Hazem Salah Abu Ismail.

Os postulantes tem até 48 horas para recorrer da decisão e tentar disputar a reeleição de maio. Com as desqualificações, a eleição, que apresentava divisão entre muçulmanos e membros do regime do ditador Hosni Mubarak, poderá ter maior participação das correntes liberais seculares.

Apesar da saída de Shater, a Irmandade Muçulmana, maior grupo político no Parlamento do país, já anunciou que indicará Mohammed Mursi, líder do Partido Liberdade e Justiça, caso o impedimento do primeiro seja confirmado.

Fontes consultadas pela agência de notícias Reuters afirmam que todos os recursos feitos pela Irmandade foram rejeitados “porque não foi oferecida uma alternativa”.

MOTIVOS

Ex-chefe do serviço secreto de Mubarak, Suleiman foi desclassificado por ter menos assinaturas de eleitores que o número necessário para referendar sua candidatura. Na entrega do abaixo-assinado que garantiria sua postulação, em março, o ex-espião afirmou que teria a quantidade suficiente para concorrer.

Enquanto isso, Khairat al Shater foi rejeitado por ter sido condenado a sete anos de prisão em abril de 2008 por lavagem de dinheiro e pelo fato de pertencer a uma organização proibida, o que poderia inabilitá-lo a ocupar cargo público.

Já o salafista Abu Ismail foi obrigado a sair da disputa por sua mãe ter cidadania americana, o que é proibido nas leis eleitorais egípcias. O candidato negou as acusações e afirmou que sofre uma conspiração.

O primeiro turno das eleições está programado para 23 ou 24 de maio e, caso não haja decisão por maioria simples (50% mais um voto), deverá ter um segundo turno em 1º de julho.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1077333-egito-rejeita-dez-candidatos-presidenciais-incluindo-tres-favoritos.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br